Oculte seu histórico de navegação de olhares curiosos, com o InPrivate

Por Jay Munro

A privacidade parece uma coisa cada vez mais difícil nesta época de bancos de dados públicos, câmeras de vigilância e redes sociais online. Por conta da natureza da web, é muito fácil para alguém usando o seu computador ver o que você tem feito na web, assim como é fácil para um site da web monitorar por onde você tem andado. Nesta coluna, vou mostrar como o Internet Explorer 8 e o InPrivate podem ajudar a preservar a privacidade de sua navegação, especialmente quando você compartilha um computador com outras pessoas.

Na maior parte do tempo, você não se preocupa realmente se alguém sabe que sites você tem visitado. Todo mundo vê os gatos falantes no YouTube, certo? Entretanto, você pode não querer revelar por onde tem passado quando está fazendo atividades bancárias, comprando um presente de aniversário para a sua namorada ou fazendo qualquer coisa que não deveria estar fazendo no trabalho.

Antigamente, o único jeito de cobrir suas pegadas em um computador compartilhado era excluir todo o seu histórico de navegação, o que geralmente excluía coisas que você queria manter. O Internet Explorer trouxe algumas novidades para você limpar manualmente o seu histórico e um jeito de não deixar uma nova trilha.

Limpar seu histórico manualmente

Quando você limpa o seu histórico manualmente, no Internet Explorer 8, você pode escolher manter os cookies e os arquivos temporários associados aos seus favoritos salvos. Isso pode ajudar a preservar as preferências que você pode ter escolhido para os seus sites favoritos. Para limpar seu histórico sem bagunçar seus favoritos, faça o seguinte:

  1. No Internet Explorer, clique no botão Segurança e em Excluir Histórico de Navegação.

  2. Na caixa de diálogo Excluir Histórico de Navegação, marque a caixa de seleção Preservar dados de sites Favoritos.

  3. Marque as caixas de seleção do que você quiser excluir e clique em Excluir.

Imagem da caixa de seleção Preservar dados de sites Favoritos
Preservar dados de sites Favoritos

Seu histórico de navegação será excluído, mas quaisquer dados associados aos seus favoritos serão mantidos. Se você apenas começou a usar o Internet Explorer 8, perceba que as caixas de verificação se mantém. O Internet Explorer 8 se lembra das suas configurações para que, na próxima vez que você queira excluir o histórico, as configurações já estejam do jeito que você quiser.

Usando a Navegação InPrivate para navegar sem deixar rastros

Limpar o histórico manualmente é bom, mas a Navegação InPrivate evite que você deixe rastros no computador, para começar. Assim, você pode escolher quando deixar uma trilha e quando não deixar. Para usar a Navegação InPrivate, siga uma destas opções, no Internet Explorer:

  • Clique no botão Nova Guia e clique em Abrir uma janela de Navegação InPrivate.

    Imagem do botão Nova Guia
    Botão Nova Guia
  • Clique no botão Segurança e, em seguida, clique em Navegação InPrivate.

  • Pressione CTRL+SHIFT+P.

Quando você inicia a Navegação InPrivate, ela se abre em uma nova janela. Conforme você navega, o Internet Explorer 8 oculta cookies, arquivos temporários e outros itens do histórico. Quando você fecha a janela de navegação, tudo isso é excluído. Tenha isso em mente, se você estiver usando um quiosque em um aeroporto e ouvir a última chamada para o embarque. Vale a pena gastar alguns segundos a mais para fechar a janela do InPrivate.

Imagem da janela da Navegação InPrivate
A janela da Navegação InPrivate

Por que o InPrivate não se livra de tudo logo de uma vez? O InPrivate precisa salvar algumas coisas para a sua sessão, para que os sites funcionem corretamente enquanto você estiver navegando. Por exemplo, cookies são usados por muitos sites para acompanhar as suas escolhas, preferências de sites e outras coisas. Se você alterar uma configuração em um site durante a sua sessão de navegação, o InPrivate se lembra disso durante a sessão, mas descarta essa informação quando você fecha a janela. Na próxima vez que você voltar ao site, suas preferências anteriores estarão intactas.

A Navegação InPrivate pode ser usada para qualquer site que você não queira deixar no histórico. Eu uso InPrivate quando verifico minha conta, no escritório. Eu acredito que nossos administradores de rede não se importam com que banco eu uso, mas eu prefiro não deixar essa informação no meu computador. Observação: Se você precisar acessar um site dentro da Navegação InPrivate, terá que reinserir nome de usuário, senha e outros dados sempre que visitar o site, como eu faço com as informações da minha conta bancária. Mas o que nós queremos é justamente não deixar um histórico, certo?

O que a Navegação InPrivate não faz

Tão importante quanto o que o InPrivate faz é o que ele não faz. Ele não deixa a sua navegação anônima: mesmo que você não deixe rastros no computador, poderá deixar na web. Os sites podem conseguir identificar você pela sua navegação neles ou por qualquer coisa na sua conexão que possa ser gravada, como seu endereço IP. Ele também não evita que alguém na sua rede, como um administrador de rede ou um hacker, veja por onde você tem andado e, possivelmente, o que você fez nessas páginas

Se você salvar favoritos ou feeds ou adicionar um favorito ou Web Slice à Barra de favoritos, ou instalar algo durante a navegação InPrivate, fechar a janela do navegador não vai remover nada disso. As alterações nas configurações do Internet Explorer, como adicionar uma nova home page, também são mantidas quando você encerra sua sessão de navegação InPrivate.

Se você usa barras de ferramentas para salvar histórico ou informações em seu computador, isso também não é removido. Por causa disso, o Internet Explorer desabilita, por padrão, todas as barras de ferramentas e extensões em uma janela InPrivate.

Você pode reabilitar suas barras de ferramentas indo até a guia Privacidade, nas Opções da Internet e desmarcando a caixa de seleção Desabilitar Barras de Ferramentas e Extensões quando a Navegação InPrivate se iniciar.

Imagem da caixa de seleção Desabilitar Barras de Ferramentas e Extensões quando a Navegação InPrivate se iniciar
Desmarque essa caixa de seleção para permitir barras de ferramentas e extensões nas janelas da Navegação InPrivate

A Navegação InPrivate também não protege você de softwares mal-intencionados ou sites suspeitos. Se você baixar conteúdo ou visitar sites famosos por hospedar malwares, você não vai estar mais seguro navegando com o InPrivate. O Internet Explorer oferece recursos de segurança que podem ajudar a proteger você de sites mal-intencionados e tambem avisa você para não baixar softwares desconhecidos. Entretanto, se você, ainda assim, baixar e executar um programa que tenha um vírus, o seu computador será infectado.

Para mais informações sobre o que o InPrivate faz e o que ele não faz, e também sobre como reabilitar complementos, consulte O que é a Navegação InPrivate?

Mantendo seus hábitos de navegação fora do alcance de sites indesejados

Ao mesmo tempo em que a Navegação InPrivate ajuda você a controlar os rastros de sua navegação na web, a Filtragem InPrivate ajuda você a ter mais controle sobre quem está observando suas atividades online. Para compreender como a Filtragem InPrivate pode ajudar, você precisa saber um pouco sobre como os sites conseguem seu conteúdo online.

Você sabia que, quando você visita muitos de seus sites favoritos ou de confiança, outros sites podem também saber que você esteve lá? Muitos sites usam conteúdo fornecido por terceiros—propagandas, previsão do tempo, mapas, ferramentas de análise—para melhorar a sua experiência no site. Os elementos de que você mais gosta em alguns sites podem ter sido colocados lá por provedores de conteúdo diferentes. É assim que a web funciona.

Você deve estar pensando "e daí?". Bem, quando você visita um dos seus sites favoritos, ele pega algumas informações com o seu navegador—tipo de navegador, sistema operacional, endereço IP, resolução de tela. Quando você visita um site com conteúdo de terceiros, esses provedores de conteúdo podem ter acesso a essas informações, também.

Isso provavelmente não é tão ruim, mas digamos que você acesse vários sites que usam o mesmo conteúdo do mesmo provedor. Esse provedor agora sabe que você se interessa por seu conteúdo e também sabe que você visita todos esses sites. Com o tempo, o provedor pode fazer um perfil de seus hábitos de navegação na web. Combinando isso com outras informações—como se você clicou em um anúncio específico e se inscreveu em um concurso—o provedor pode ter um quadro bem preciso de suas preferências de navegação na web.

Agora, a web nem sempre funciona muito bem sem esses acordos com terceiros e alguns acordos. Você obtém conteúdo gratuito em troca de ver anúncios ou fornecer algumas informações. Esse sistema funciona e é, geralmente, de benefício mútuo. E, é claro, graças aos anúncios direcionados, você pode ver anúncios de coisas que realmente esteja procurando.

Usando a Filtragem InPrivate para ajudar a manter a sua privacidade

Mas você não quer que alguns provedores de conteúdo saibam seus hábitos de navegação. Pode ser por qualquer motivo; isso é escolha sua. Eis aqui como a Filtragem InPrivate pode ajudar você a controlar melhor essas informações.

A Filtragem InPrivate não foi feita para bloquear anúncios, e não tem um plano secreto. Ela apenas procura por conteúdo, em uma página, que venha de outro lugar que não seja o site em que você está. Ela não sabe a diferença entre a previsão do tempo que você deseja e uma propaganda que você não deseja. Além disso, quando você bloqueia conteúdo de um site, a sua experiência nele pode ser prejudicada pela falta de elementos, ou o site pode nem funcionar. Isso pode acontecer quando um site contém uma ferramenta de análise da web que não é tão aparente para você, mas é financeiramente necessária ao site. Se você quiser bloquear o conteúdo que ajuda o site a pagar as contas, o site pode querer que você não tenha acesso.

A Filtragem InPrivate oferece um meio de ver quais sites de terceiros estão recebendo suas informações de navegação e permite que você escolha quais permitir e quais bloquear. Como a Navegação InPrivate, a Filtragem InPrivate é aplicada por sessão—você tem que ativá-la sempre que abrir o seu navegador. Você não tem que abrir uma janela especial; basta seguir uma destas opções para começar a usar a Filtragem InPrivate:

  • Selecione Filtragem InPrivate, no menu Segurança.

  • Clique no ícone da Filtragem InPrivate, na barra de status do Internet Explorer.

  • Pressione Ctrl+Shift+F.

Quando a Filtragem InPrivate está desativada, o ícone da barra de status fica cinza Imagem do ícone da Filtragem InPrivate cinza, e, quando está ativada, ele fica coloridoImagem do ícone da Filtragem InPrivate colorido. Clique no ícone ou pressione Ctrl+Shift+F uma vez, e a Filtragem InPrivate é ativada. Faça isso novamente, e a Filtragem InPrivate será desativada.

Veja quem mais poderia estar vendo você

A Filtragem InPrivate está sempre procurando e monitorando conteúdo de terceiros que aparece em sites diferentes. Vamos ver que sites podem estar vendo você. Clique no botão Segurança e, em seguida, clique em Configurações da Filtragem InPrivate. Se essa for a primeira vez que você abre as configurações da Filtragem InPrivate, clique em Deixar que eu escolha que provedores receberão minhas informações. A caixa de diálogo de configurações irá mostrar uma lista de provedores de conteúdo. Se você estiver usando o Internet Explorer 8 há algum tempo, provavelmente verá um bom número de provedores na lista.

Com a Filtragem InPrivate, você tem três opções: desativá-la e não bloquear nada, bloquear automaticamente provedores de terceiros ou escolher manualmente quais permitir ou bloquear. Quando você visita um site com conteúdo de terceiros, o filtro registra isso. Quando você acessa outro site com o mesmo conteúdo, o filtro registra mais um acesso para esse provedor. Quando você cruza o limite do número de sites que usam algum conteúdo específico, o provedor de conteúdo aparece na lista. Por padrão, o limite é de 10 sites, mas você pode escolher um valor entre 3 3 30, inclusos. Uma vez que o provedor de conteúdo estiver na sua lista, a Filtragem InPrivate irá bloqueá-lo ou permiti-lo, de acordo com as suas preferências.

Se você já se perguntou quantas coisas são bloqueadas em uma página da web, aponte o seu mouse para o ícone da Filtragem InPrivate, na barra de status.

Os prós e contras de bloquear conteúdo de terceiros

Os prós: Nós todos sabemos que há riscos de segurança na web. Você pode ser exposto a conteúdo ou condutas potencialmente mal-intencionados em qualquer site da web. Adicione conteúdo de terceiros a isso, e os ricos vêm tanto do site que você visita e o conteúdo de terceiros nele. Mesmo que o site que você esteja visitando seja de confiança, você não sabe sempre quem está oferecendo o conteúdo adicional.

Os contras: A Internet funciona melhor quando os sites se ligam uns aos outros e esse modelo permitiu que muito conteúdo da web fosse gratuito. O benefício de se permitir conteúdo de terceiros é que muitos sites podem oferecer conteúdo gratuito que, de outra forma, teria que ser pago. Contas de email gratuitas, previsão do tempo, trânsito, filmes de gatos falando e outras coisas legais que nós amamos são grátis porque os sites concordam em subsidiá-las e troca de sua atenção e suas informações.

O Internet Explorer 8 se baseia em escolhas. Você pode escolher se deixa ou não um histórico no seu computador; você pode excluir o histórico existente sem perder as preferências de seus favoritos; e você pode identificar, bloquear ou permitir conteúdo de terceiros usados em vários sites. As escolhas são suas! Então, vá em frente, e boa navegação!

Recursos

Se você gostaria de ler mais sobre os recursos do Internet Explorer, visite o IE Blog, em que você pode obter informações diretamente dos desenvolvedores do Internet Explorer (em inglês). Para mais informações sobre como a Microsoft protege a sua privacidade, consulte a declaração de privacidade online do Internet Explorer.

Sobre o autor

Foto do colunista Jay Munro

Jay Munro é um escritor da equipe de Windows da Microsoft, especializado no Internet Explorer. Antes, ele era líder de projeto nos laboratórios da PC Magazine e escritor freelancer para a PC Magazine, a Extreme Tech, a PC Today, a C-Net, a Computer Shopper e outras revistas.

Quer fazer algum comentário para o colunista? Mande seus comentários usando a ferramenta abaixo. (Você verá a caixa de comentários depois de clicar em um dos botões.) Avisamos que, apesar de o colunista ler seus comentários, não é possível enviar respostas individuais, devido ao volume de comentários recebidos.