Não precisa traduzir

Alterar o idioma de exibição no Windows Vista

Por Tatsuo Yamada

Minha mãe imigrou do Japão para os Estados Unidos quando tinha dezoito anos. Ela não sabia muito inglês quando chegou, mas após mergulhar na cultura americana e freqüentar aulas de inglês em uma faculdade comunitária local, sua capacidade lingüística melhorou significativamente. Embora já seja fluente em inglês, ainda há momentos em que prefere usar sua língua nativa—como, por exemplo, ao lidar com assuntos complexos ou técnicos.

Hora de mudar

Até recentemente, minha mãe tinha um computador que já havia pertencido a três pessoas e ainda utilizava uma versão do Windows popular no final dos anos 90. Na maior parte do tempo, ela o usava para visualizar e imprimir as últimas fotos de seus netos e enviar mensagens de e‑mail para a família no exterior. Mas sempre que o computador exibia uma mensagem de erro ou fazia algo inesperado, ela sentia-se intimidada e não tinha certeza do que fazer. Algumas das mensagens de erro do Windows podem ser difíceis para os que falam inglês como primeira língua, mas para falantes não-nativos, identificar o problema e entender como resolvê-lo pode ser um desafio ainda maior.

Há cerca de dois meses, seu computador parou de funcionar. Ela pressionou o botão ligar-desliga, ele emitiu um som agudo em protesto e recusou-se a responder. Minha mãe ficou desapontada, mas eu sabia que era a oportunidade perfeita para apresentar a ela o Windows Vista.

O Windows não precisa ser algo de outro mundo

Minha mãe estava bastante animada quando seu novo computador chegou. Após instalá-lo no quarto dela, sentei ao seu lado e expliquei a ela as noções básicas sobre o uso do Windows Vista, da configuração de um backup automatizado e do uso do recurso Ajuda e Suporte do Windows. Após discorrer sobre o assunto por alguns minutos, ficou óbvio pra mim que ela estava "perdida". Ela tinha um olhar de preocupação misturada com incerteza em seu rosto, similar ao olhar enigmático de quando declarei que minha especialização na faculdade seria Escrita Criativa.

Quando perguntei o que estava errado, minha mãe explicou que estava preocupada se entenderia como fazer metade do que eu estava explicando, ou, pior, se estragaria o computador se fizesse algo errado. Para tranqüilizá-la, expliquei que, com o Windows Vista Ultimate, poderíamos instalar um Multilingual User Interface Pack (MUI) e alterar o idioma de exibição para que menus, conteúdo da Ajuda, caixas de diálogo e assistentes fossem todos exibidos em japonês. Ela ainda estava um pouco apreensiva, então percebi que era hora de mostrar exatamente do que estava falando.

Observação

  • Os MUI packs do Windows Vista estão disponíveis somente para Windows Vista Ultimate e Windows Vista Enterprise.

Imagem do menu Iniciar traduzido
Alterar os idiomas de exibição pode fazer com que você se sinta mais à vontade

Começamos fazendo o download do MUI apropriado para japonês. Cliquei no botão , botão IniciarImagem do botão Iniciar, em Todos os Programas, em Windows Update e então cliquei em Verificar atualizações, no painel esquerdo, e aguardei o Windows exibir as últimas atualizações. Examinando a lista de atualizações disponíveis, encontrei o que estava procurando em Pacotes de Idiomas do Windows Vista Ultimate. Selecionei a caixa de seleção ao lado de Pacote de Idioma Japonês e cliquei em Instalar.

Observação

  • Se o sistema solicitar senha ou permissão para continuar, quando você seguir as instruções acima, digite sua senha ou forneça a permissão.

Após instalar o pacote de idioma, ainda informamos ao Windows para utilizar japonês em vez de inglês como idioma de exibição. Eis como fazer o que nós fizemos:

  1. Para abrir Opções Regionais e de Idiomas, clique no botão IniciarImagem do botão Iniciar, em Painel de Controle, em Relógio, Idioma e Região e, depois, em Opções Regionais e de Idiomas.

  2. Clique na guia Teclados e Idiomas.

  3. Selecione Japonês ou algum outro idioma na lista suspensa e clique em OK. Faça o logoff do computador para que as novas configurações entrem em vigor.

Imagem das Opções regionais e de idiomas
Selecionando japonês como o idioma de exibição

Não precisa mais do dicionário inglês-japonês

Minha mãe fez o logon no Windows e disse “Meu Deus!” A tradução do Windows Vista para japonês apareceu imediatamente - e impressionou. Conforme olhava os diversos menus e lia as descrições em voz alta, ela começou a sorrir. Não é que ela não entendia o texto em inglês, mas ele fazia mais sentido quando ela o lia em japonês.

Pedi a ela que clicasse em Iniciar mais uma vez e depois em Ajuda e Suporte. Uma versão traduzida da Ajuda apareceu na tela instantaneamente. Expliquei que, inserindo palavras-chave na caixa de pesquisa e pressionando Enter, a Ajuda e Suporte do Windows apresenta uma lista de tópicos úteis para ajudá-la a fazer quase tudo. Para testar isso, ela inseriu a palavra "fotos" e clicou em um tópico sobre fotos digitais. Ela leu as instruções e disse "Não é tão difícil."

Imagem da Ajuda e Suporte em japonês
A Ajuda é ainda mais útil no seu idioma nativo

Escrevendo cartas para falar sobre o Windows Vista

Após minha mãe ler um pouco da Ajuda, eu queria mostrar a ela como enviar e‑mails em japonês. Ela abriu sua conta de e‑mail, clicou no botão Idioma de entrada, na Barra de idiomas, e selecionou japonês. Agora, ela podia escrever e‑mails usando os alfabetos hiragana, katakana e até kanji. Era mais do que ela esperava. Ela ficou entusiasmada com não precisar mais digitar mensagens para seus parentes usando a grafia fonética inglesa das palavras japonesas. Ela não perdeu tempo e animadamente digitou uma mensagem para seus primos em japonês, explicando como alteramos a exibição e os idiomas de exibição no Windows Vista e como, se algum dia a visitassem em Seattle, eles se sentiriam à vontade com seu computador.

Observação

Alterar o idioma de exibição para japonês no Windows Vista foi definitivamente um divisor de águas para a minha mãe. Ela se sente mais confiante e entende exatamente o que precisa fazer. Liguei para ela recentemente para colocar o papo em dia e saber como as coisas andavam. Ela disse que fez o backup de todas as suas fotos em DVDs, ativou as atualizações automáticas para o Windows e enviou uma porção de e‑mails para o Japão. Foi a minha vez de ficar impressionado.

"Obrigada por me ajudar com o novo computador", ela disse ao final da conversa, "mas eu ainda preciso que você venha limpar as calhas." Acho que o trabalho de um filho nunca termina.

Sobre o autor

Foto do colunista Tatsuo Yamada

Tatsuo Yamada é um escritor da equipe de Windows da Microsoft. Antes de entrar na Microsoft, ele atuava como escritor técnico freelancer para várias companhias de software na região de Seattle. Nas horas vagas, ele gosta de jogar golfe mediocremente, praticar snowboard desastradamente e passar tempo com um cachorro chamado Trout.

Quer fazer algum comentário para o colunista? Mande seus comentários usando a ferramenta abaixo. (Você verá a caixa de comentários depois de clicar em um dos botões.) Avisamos que, apesar de o colunista ler seus comentários, não é possível enviar respostas individuais, devido ao volume de comentários recebidos.