Ao trabalhar em um arquivo, salve-o freqüentemente para evitar a perda inesperada de dados por queda de energia ou por qualquer outro problema.

  1. Clique no menu Arquivo e selecione Salvar.

    Se o programa em uso não tiver um menu Arquivo ou se você não está conseguindo encontrar o comando Salvar, convém verificar as informações que acompanham esse programa.

  2. Caso você esteja trabalhando em um novo arquivo e pretenda salvá-lo pela primeira vez, digite um nome para ele na caixa Nome do arquivo e clique em Salvar.

Para escolher onde salvar um arquivo

Por padrão, a maioria dos programas salva um arquivo em um local lógico para arquivos do seu tipo (por exemplo, arquivos de imagem costumam ser salvos na pasta Imagens). Se preferir, você pode especificar um local diferente para salvar o arquivo.

  1. Clique no menu Arquivo e em Salvar como.

  2. Na caixa de diálogo Salvar como, clique em Procurar nas Pastas, para exibir o Painel de navegação.

  3. Siga um destes procedimentos:

    • No Painel de navegação, clique na pasta desejada para salvar o arquivo.

    • Na Barra de endereços, clique em uma seta ao lado de um nome de pasta e clique na pasta em que deseja salvar.

    • Na Barra de endereços, digite o caminho completo para a pasta em que deseja salvar (por exemplo, C:\Users\Public).

  4. Na caixa Nome do arquivo, digite um nome para o arquivo e clique em Salvar.

Observação

  • Dependendo do tipo de arquivo salvo, talvez seja possível adicionar propriedades de arquivo, como marcas, ao salvar esse arquivo. Por exemplo, é possível adicionar marcas e outras propriedades a documentos do Microsoft Office, a arquivos JPEG, WMA e MP3 e também a Pesquisas. Mais tarde, você poderá pesquisar e organizar arquivos usando essas propriedades.