Acabando com o mistério do Windows de 64 bits

Se você está comprando um computador novo, já deve estar cheio de decisões a tomar e ainda nem deve ter pensado se deve comprar uma versão de 32 bits ou de 64 bits do Windows 7.

Não precisa se preocupar com isso. Para a maioria das pessoas, não há motivo para pensar nisso ao comprar um computador novo. E isso é bom, já que muitas pessoas não entendem a diferença entre um computador executando uma versão de 32 bits ou de 64 bits do Windows, e a versão escolhida na maioria das vezes não faz muita diferença.

Alguns usuários avançados preferem a versão de 64 bits do Windows. Não há mistério nenhum nisso. Um computador com uma versão de 64 bits do Windows pode usar mais memória - 4 GB (gigabytes) ou mais - do que um computador com uma versão de 32 bits do Windows, que está limitado a algo em torno de 3,5 GB ou menos. (mesmo se o computador vier com 4 GB ou mais de memória instalada, a versão de 32 bits do Windows só pode usar uns 3,5 GB dessa memória).

Com mais memória, você pode manter mais arquivos e programas abertos ao mesmo tempo sem diminuir a velocidade do computador. Mas ter mais de 3,5 GB disponíveis geralmente não importa, a não ser que você realmente deixe muitas coisas abertas ao mesmo tempo (vamos falar disso mais tarde).

Imagem de Sistema no painel de controle
Confira em Sistema, no Painel de Controle, se seu computador está executando uma versão de 32 bits ou de 64 bits do Windows.

Diferenças em situações reais X diferenças nas especificações

Como os preços caíram muito nos últimos anos, muitos computadores novos vêm com 4 GB de memória, mesmo os modelos mais baratos. Muitos fabricantes começaram a instalar versões de 64 bits do Windows em seus computadores por padrão para garantir que os consumidores possam usar toda a memória pela qual pagaram. Alguns até vendem todos os seus computadores novos com uma versão de 64 bits do Windows, ainda que seja difícil apontar diferenças entre um computador usando 4 GB e outros usando 3,5 GB de memória.

No uso diário, a maioria das pessoas não nota a diferença entre um computador usando 3 GB de memória e outro usando 6 GB. Então, quem poderia notar a diferença? Bom, se você conhece alguém que deixa dezenas de mensagens de email, dezenas de programas e meia dúzia de outros itens abertos ao mesmo tempo (enquanto reproduz vídeos), você entendeu a situação.

Ter mais de 4 GB de memória disponível pode fazer o computador responder melhor caso você goste de deixar tudo em execução ao mesmo tempo e raramente feche alguma coisa.

Os jogadores inveterados de jogos de computador também podem se interessar em executar a versão de 64 bits do Windows. Os jogos são alguns dos programas que mais exigem do hardware de um computador, com seus gráficos ricos, sons e capacidades de interação.

A versão de 64 bits dos Windows 7 Ultimate, Enterprise e Professional pode usar até 192 GB de memória (bem mais do que um usuário avançado geralmente precisa), tornando-a ideal para tarefas computacionais especializadas que exijam enormes quantidades de memória, como a renderização de gráficos 3D.

A maior parte do ganho de desempenho em computadores executando uma versão de 64 bits do Windows vem da memória adicional, combinada a um poderoso processador de 64 bits capaz de usar essa memória extra.

Mas para a maioria das pessoas que só quer manter uns poucos programas em execução ao mesmo tempo, 4 GB ou mais de memória não oferecem benefícios reais em comparação a um computador com 2 GB de memória e uma versão de 32 bits do Windows.

Observação

  • Os servidores - computadores usados para operar sites ou grandes redes corporativas - podem tirar proveito especial da memória extra. Mas eles têm seu próprio e poderoso sistema operacional - o Windows Server - que também possui versão de 64 bits e pode usar ainda mais memória do que o Windows 7.

Processadores de 32 bits X processadores de 64 bits

Do que você precisa para executar uma versão de 64 bits do Windows? Também não tem mistério. Você vai precisar de um computador com processador de 64 bits (também chamado de processador ou CPU x64).

Na maioria das vezes, o nome do processador não deixa claro se ele é de 64 bits ou de 32 bits. Se quiser saber, confira com o fabricante ou com a loja que está vendendo o computador.

Se estiver comprando um computador novo com o Windows 7, é provável que ele venha com um processador de 64 bits, mas talvez não com uma versão de 64 bits do Windows 7. Aí é que as coisas ficam um pouco confusas. Computadores com um processador de 64 bits podem executar versões de 32 bits e de 64 bits do Windows sem problemas. Logo, não importa muito qual versão do Windows está instalada na maioria dos computadores com processador de 64 bits - a não ser que você queira usar mais de 3,5 GB de memória.

Para descobrir se seu computador pode executar a versão de 64 bits do Windows, baixe e instale o Windows 7 Upgrade Advisor pelo site da Windows 7Upgrade Advisor. Esse programa analisa o computador, cria um relatório dizendo se o computador pode executar o Windows 7 e lista quaisquer problemas de compatibilidade, incluindo se o computador pode executar a versão de 64 bits do Windows 7. Para obter mais informações, consulte Windows de 32 e 64 bits: perguntas frequentes.

Obtenha uma versão de 64 bits do Windows com um computador novo.

A atualização para uma versão de 64 bits do Windows não tem mistério. Não é possível atualizar de uma versão de 32 bits do Windows para uma versão de 64 bits. Para instalar a versão de 64 bits do Windows em um computador que já executa a versão de 32 bits, é preciso fazer uma instalação limpa, que formata o disco rígido e apaga todos os seus arquivos e programas.

É por isso que a maioria das pessoas que executam a versão de 64 bits do Windows fazem isso ao comprar um computador novo (se você pretende instalar a versão de 64 bits do Windows em um computador que já executa a versão de 32 bits, faça backup de todos os seus arquivos e informações primeiro. Você também vai ter que reinstalar manualmente seus programas).

E o preço? Os processadores de 64 bits são mais caros do que os processadores de 32 bits? Geralmente não, mas antigamente eles custavam mais caro, e você certamente vai encontrar alguns computadores com processador de 64 bits que custam mais caro. O motivo mais comum para isso costuma ser a memória extra. Se um computador com um processador de 64 bits vem com mais memória, ele deve custar mais do que um computador com um processador de 32 bits com menos memória.

O Windows não pesa no preço, porque as versões de 32 bits e de 64 bits do Windows custam a mesma coisa.

Como saber se a versão do Windows em execução é de 32 bits ou de 64 bits

E se você não estiver comprando um computador novo e quiser saber se seu computador está executando uma versão de 64 bits ou de 32 bits do Windows? Como as duas versões têm visual idêntico, é preciso saber onde procurar. A maneira mais fácil de saber isso é verificar em Sistema, no Painel de Controle.

Para isso, clique no botão Iniciar Imagem do botão Iniciar, clique em Painel de Controle, digite Sistema, na caixa de pesquisa, e clique em Sistema. Em Sistema, ao lado de Tipo de sistema, você verá se o computador está executando um sistema operacional de 32 bits ou de 64 bits.

32 bits X 64 bits: drivers e programas

Para executar um versão de 64 bits do Windows, o computador precisa de um driver de 64 bits para cada hardware instalado no computador ou conectado a ele. Por exemplo, uma impressora que só possua um driver de 32 bits disponível não poderá ser instalada em uma versão de 64 bits do Windows. Mas a boa notícia é que há dezenas de milhares de dispositivos disponíveis hoje em dia com drivers de 64 bits, que o Windows pode localizar e instalar automaticamente.

Para que os fabricantes de hardware conquistem um logotipo "Compatível com Windows 7", o hardware deles precisa ter drivers para as versões de 32 bits e de 64 bits do Windows. Se você vir esse logotipo, não há dúvidas de que o hardware vai funcionar com a versão de 64 bits do Windows.

Ao contrário dos drivers, muitos programas desenvolvidos para computadores executando versões de 32 bits do Windows funcionarão em computadores executando versões de 64 bits do Windows sem problemas (os programas antivírus são uma notável exceção). Porém, a maioria dos programas desenvolvidos especificamente para uma versão de 64 bits do Windows geralmente é executada mais rápido, especialmente se envolver tarefas intensas como a edição de vídeo em alta definição ou a operação de um grande banco de dados.

Para verificar a disponibilidade de drivers e programas de 64 bits online, acesse o novo Centro de Compatibilidade do Windows 7. Isso pode ser útil se você estiver pensando em comprar uma impressora nova, por exemplo, e quiser se certificar de que haja um driver de 64 bits disponível antes de comprar, ou se quiser descobrir se há versões de 64 bits de seus programas favoritos disponíveis.

O Centro de Compatibilidade do Windows Vista também lista a disponibilidade de drivers de 64 bits para milhares de produtos de hardware e diz se há versões de 64 bits disponíveis para milhares de programas.

Há outras coisas a considerar ao instalar hardware e programas em uma versão de 64 bits do Windows. Para mais informações, consulte Noções básicas de hardware e software para as versões de 64 bits do Windows.

Mistério solucionado

Agora que solucionamos o mistério do Windows de 64 bits, você percebeu que a computação de 64 bits nem era tão misteriosa assim. E ela não tem que ser um dilema para a maioria dos usuários de computador.

Tanto se você for proprietário de um computador com processador de 64 bits ou se estiver pensando em comprar um, o truque é escolher a versão certa do Windows para o seu jeito de trabalhar. Na maioria dos casos, não vai fazer diferença se é uma versão de 32 bits ou de 64 bits.