A protecção contra o spyware em tempo real alerta-o quando spyware e outro software potencialmente indesejável tentar a instalação ou execução no computador. Consoante o nível de alerta, pode escolher uma destas acções para aplicar ao software:

  • Ignorar. Permite a instalação ou execução do software no computador. Se o software ainda continuar em execução na análise seguinte ou se tentar alterar definições relacionadas com a segurança no computador, o Windows Defender alerta-o para este software de novo.

  • Quarentena. Quando o Windows Defender coloca software em quarentena, move-o para outra localização no computador e, em seguida, impede a execução do software até optar por restaurá-lo ou removê-lo do computador.

  • Remover. Elimina permanentemente o software do computador.

  • Permitir Sempre. Adiciona o software à lista permitida pelo Windows Defender e permite a respectiva execução no computador. O Windows Defender irá parar de alertá-lo para os riscos que o software pode representar para a sua privacidade ou para o computador. Adicione software à lista permitida apenas se confiar no software e no respectivo editor do software.

Também é alertado se o software tentar alterar definições importantes do Windows. Como o software já está em execução no computador, poderá escolher uma das seguintes acções:

  • Permitir. Permite que o software altere as definições relacionadas com a segurança no computador.

  • Negar. Impede que o software altere as definições relacionadas com a segurança no computador.

Pode escolher o software e as definições que pretende que o Windows Defender monitorize, mas recomendamos que utilize todas as opções de protecção em tempo real, denominadas agentes. A tabela seguinte fornece explicações sobre cada agente e indica a respectiva importância.

Agente de protecção em tempo real
Finalidade

Iniciar Automaticamente

Monitoriza as listas de programas com permissão para execução automática quando inicia o computador. O spyware e outro software potencialmente indesejável podem estar definidos para execução automática quando o Windows é iniciado. Desse modo, pode executar sem o conhecimento do utilizador e recolher informações. Também pode tornar o início ou execução do computador mais lento.

Configuração do Sistema (Definições)

Monitoriza as definições relacionadas com segurança no Windows. O spyware e outro software potencialmente indesejável podem alterar definições de hardware e software e, em seguida, recolher informações que podem ser utilizadas para debilitar ainda mais a segurança do computador.

O que são Informações do Sistema?

Suplementos do Internet Explorer

Monitoriza programas com execução automática quando inicia o Internet Explorer. O spyware e outro software potencialmente indesejável podem fazer-se passar por suplementos do browser e executar sem o seu conhecimento.

De que modo os suplementos do browser afectam o computador?

Configurações do Internet Explorer (Definições)

Monitoriza as definições de segurança do browser, que são a primeira linha de defesa contra conteúdo malicioso na Internet. O spyware e outro software potencialmente indesejável podem tentar alterar estas definições sem o seu conhecimento.

Transferências do Internet Explorer

Monitoriza ficheiros e programas que foram concebidos para trabalhar com o Internet Explorer, tais como controlos ActiveX e programas de instalação de software. Estes ficheiros podem se transferidos, instalados ou executados pelo próprio browser. O spyware e outro software potencialmente indesejável pode estar incluído nestes ficheiros e ser instalado sem o seu conhecimento.

Serviços e Controladores

Monitoriza serviços e controladores à medida que interagem com o Windows e os programas. Como os serviços e controladores executam funções essenciais do computador (tal como permitir que os dispositivos funcionem com o computador), têm acesso a software importante no sistema operativo. O spyware e outro software potencialmente indesejável podem utilizar serviços e controladores para obter acesso ao computador ou para tentar executar clandestinamente no computador como se fossem componentes normais do sistema operativo.

Execução da Aplicação

Monitoriza o início dos programas e quaisquer operações por eles executadas. O spyware e outro software potencialmente indesejável podem utilizar vulnerabilidades em programas que tenha instalado, para executar software malicioso ou indesejável sem o seu conhecimento. Por exemplo, o spyware pode executar em segundo plano quando inicia um programa que utiliza frequentemente. O Windows Defender monitoriza os programas a alerta-o se for detectada actividade suspeita.

Registo da Aplicação

Monitoriza ferramentas e ficheiros no sistema operativo onde os programas podem registar-se em qualquer altura, não apenas quando inicia o Windows ou outro programa. O spyware e outro software potencialmente indesejável podem registar um programa para iniciar sem aviso e executar, por exemplo, a uma hora agendada todos os dias. Isto permite ao programa recolher informações acerca do utilizador ou do computador ou obter acesso a software importante no sistema operativo sem o seu conhecimento.

Suplementos do Windows

Monitoriza programas suplementares (também conhecidos por utilitários de software) para o Windows. Os suplementos foram concebidos para melhorar a sua experiência informática em área tais como a segurança, navegação, produtividade e multimédia. No entanto, os suplementos também podem instalar programas que recolhem informações sobre o utilizador e as respectivas actividades online e, frequentemente, expõem informações confidenciais e pessoais aos anunciantes.