Evitando vírus de e‑mail

Usando um programa antivírus atualizado e tomando cuidado com relação a abrir anexos de arquivos e clicar em links nas mensagens, você deverá conseguir evitar a infecção do computador com um vírus de e‑mail malicioso. Siga estas diretrizes para proteger o computador:

Mostrar tudo

Instale um programa antivírus

A melhor defesa contra a infecção por vírus é instalar um programa de varredura antivírus e mantê-lo atualizado. Os programas de antivírus varrem e‑mail de entrada à procura de vírus conhecidos e ajudam a evitar que eles infectem o computador. Novos vírus aparecem quase todos os dias, portanto, verifique se seu programa antivírus está atualizado. A maioria dos programas antivírus pode ser definido para atualizar-se automaticamente regularmente com as informações que precisam para combater os vírus mais recentes.

Tome cuidado ao abrir anexos de e‑mail

Anexos de e‑mail são uma fonte importante de infecção por vírus. Por exemplo, você pode receber um e‑mail, mesmo de alguém conhecido, com um arquivo anexado que está disfarçado como documento, foto ou programa, mas é, na realidade, um vírus. Se você abrir esse arquivo, o vírus infectará o computador. A boa notícia é que o Windows Mail bloqueia automaticamente tipos de arquivos perigosos conhecidos. No entanto, os escritores de vírus normalmente encontram novas técnicas para disseminar seu software malicioso, de modo que ainda é necessário cuidado ao abrir anexos. Se você receber anexos de e‑mail que não está esperando, considere responder aos remetentes e pedir a eles para verificar se realmente enviaram os anexos antes de abri-los.

Usar um programa antivírus para verificar o conteúdo de arquivos compactados

Um método usado por escritores de vírus para colocar arquivos maliciosos no seu computador é enviá-los como anexos usando formatos de arquivos compactados, como .zip e .rar. A maioria dos programas antivírus varrerão esses anexos à medida que eles são recebidos, mas para se garantir, salve anexos compactados em uma pasta do computados e use um programa antivírus para varrê-los, antes de abrir quaisquer arquivos aí contidos.

Tenha cuidado ao clicar em links nas mensagens

Links enganadores em mensagens de e‑mail normalmente usadas como parte de scams phishing e spyware, mas também podem ser usados para transmitir vírus. Clicar em um link enganador pode levá-lo a uma página da Web que tenta baixar software malicioso para o computador. Tenha cuidado ao decidir se deve clicar em um link em uma mensagem, particularmente se o corpo da mensagem parecer muito vago e não específico, como uma mensagem em que se lê "Veja nossas fotos das férias" sem nenhuma informação que identifique pessoalmente o remetente ou o destinatário.