Noções básicas sobre segurança e computação segura


Se você se conecta à Internet, permite que outras pessoas usem seu computador ou compartilha arquivos com outros, deve tomar algumas medidas para proteger o computador. Por quê? Porque existem criminosos virtuais (também chamados hackers) que atacam os computadores de outras pessoas. Essas pessoas podem atacar diretamente, entrando no seu computador pela Internet e roubando informações pessoais suas, ou indiretamente, criando software mal-intencionado com a finalidade de danificar seu computador.

Felizmente, você pode se proteger, tomando algumas precauções simples. Este artigo descreve as ameaças e o que você pode fazer para se defender delas.

Proteger seu computador

Estas são algumas maneiras de ajudar a proteger seu computador de ameaças potenciais de segurança:

  • Firewall. Um firewall pode ajudar a proteger seu computador, impedindo o acesso de hackers ou software mal-intencionado.

  • Proteção contra vírus. Um software antivírus pode ajudar a proteger o computador contra vírus, worms e outras ameaças à segurança.

  • Proteção contra spyware e outros softwares mal-intencionados. Um software antispyware pode ajudá-lo a proteger seu computador contra spyware e outros possíveis softwares indesejados.

  • Windows Update. O Windows pode seguir uma rotina de verificar e instalar automaticamente atualizações para o seu computador.

Gerenciar configurações de segurança com a Central de Ações

A Central de Ações é um local centralizado para o monitoramento e o gerenciamento de configurações de firewall, do Windows Update, de configurações de software antimalware, de segurança da Internet e de configurações do Controle de Conta de Usuário. A Central de Ações também monitora as configurações de manutenção do computador e fornece links para soluções de problemas e outras ferramentas que podem ajudar a corrigir problemas. Para mais informações sobre a Central de Ações, consulte Como a Central de Ações verifica a existência de problemas?

Usar um firewall

Firewall é um software ou hardware que verifica informações vindas da Internet ou de uma rede, rejeitando-as ou permitindo que elas passem e entrem no seu computador, dependendo das configurações definidas. Com isso, o firewall pode ajudar a impedir o acesso de hackers e software mal-intencionado ao seu computador.

O Firewall do Windows vem incorporado ao Windows e é ativado automaticamente.

Ilustração de como um firewall funciona
Como funciona um firewall

Se você executar um programa, como um de mensagens instantâneas ou um jogo em rede com vários participantes, que precise receber informações da Internet ou de uma rede, o firewall perguntará se você deseja bloquear ou desbloquear (permitir) a conexão. Se você optar por desbloquear a conexão, o Firewall do Windows criará uma exceção para que você não se preocupe com o firewall quando esse programa precisar receber informações no futuro.

Para mais informações, consulte Firewall: perguntas frequentes.

Usar proteção contra vírus

Vírus, worms e cavalos de Troia são programas criados por hackers que usam a Internet para infectar computadores vulneráveis. Os vírus e worms podem se replicar de computador para computador, enquanto os cavalos de Troia entram em um computador fazendo-se passar por um programa aparentemente legítimo, como uma proteção de tela, por exemplo. Vírus, worms e cavalos de Troia destrutivos podem apagar informações do disco rígido ou desabilitar completamente o computador. Outros não causam danos diretos, mas afetam o desempenho e a estabilidade do computador.

Os programas antivírus verificam a existência de vírus, worms e cavalos de Troia em emails e outros arquivos. Caso algum seja encontrado, o programa antivírus coloca de quarentena (isola) o vírus ou o exclui completamente, antes que ele danifique o computador e os arquivos.

O Windows não tem um programa antivírus interno, mas o fabricante do seu computador pode ter instalado algum. Caso não haja antivírus instalados, há muitos disponíveis no mercado. A Microsoft oferece o Microsoft Security Essentials, um antivírus gratuito que você pode baixar do site do Microsoft Security Essentials. Você também pode ir até o site dos fornecedores de software de segurança para Windows 7, para procurar um programa antivírus de terceiros.

Como novos vírus são identificados todos os dias, é importante usar um programa antivírus com atualização automática. Quando o programa é atualizado, informações sobre novos vírus são adicionadas a uma lista de vírus a serem verificados, ajudando a proteger o seu computador contra novos ataques. Se a lista de vírus estiver desatualizada, o computador ficará vulnerável a novas ameaças. Geralmente, as atualizações exigem o pagamento de uma taxa de inscrição anual. Pague a inscrição em dia para receber as atualizações regularmente.

Aviso

  • Se você não usa um software antivírus, está expondo seu computador a danos ocasionados por software mal-intencionado. Além disso, você está correndo o risco de espalhar vírus para outros computadores.

Use proteção contra spyware

Spyware é um software que exibe anúncios, coleta informações sobre você ou altera configurações em seu computador, geralmente sem o seu consentimento. Por exemplo, o spyware pode instalar favoritos, barras de ferramentas ou links indesejados no navegador da Web, alterar sua home page padrão ou exibir anúncios pop-ups frequentemente. Alguns spywares não exibem sintomas que possam ser detectados, mas coletam em segredo informações confidenciais, como, por exemplo, os sites que você visita ou o texto que você digita. A maioria dos spywares é instalada através do download de softwares gratuitos, mas, em alguns casos, basta visitar um site para que o computador seja infectado com spyware.

Para ajudar a proteger seu computador contra spyware, use um programa antispyware. Esta versão do Windows possui um programa antispyware interno chamado Windows Defender, que é ativado por padrão. O Windows Defender alerta quando algum spyware tenta se instalar em seu computador. Também pode verificar se há spywares nele e removê-los.

Como todos os dias aparecem novos spywares, o Windows Defender deve ser atualizado regularmente para detectar e proteger contra as ameaças mais recentes. O Windows Defender é atualizado conforme a necessidade sempre que você atualiza o Windows. Para obter o nível máximo de proteção, configure o Windows para instalar as atualizações automaticamente (veja abaixo).

Para mais informações, consulte Usando o Windows Defender.

Atualizar o Windows automaticamente

Microsoft disponibiliza regularmente atualizações importantes para o Windows que podem ajudar a proteger o computador contra novos vírus e outras ameaças. Para garantir que você receberá essas atualizações o mais rápido possível, ative a atualização automática. Dessa forma, você não precisa se preocupar com a possibilidade de que correções críticas para Windows estejam faltando em seu computador.

O download das atualizações é feito em segundo plano quando você está conectado à Internet. As atualizações são instaladas às 3h, a menos que você especifique outro horário. Se você desligar o computador antes disso, poderá instalá-las antes de desligá-lo. Caso contrário, o Windows fará a instalação na próxima vez que você iniciar o computador.

Para ativar a atualização automática

  1. Para abrir o Windows Update, clique no botão IniciarImagem do botão Iniciar. Na caixa de pesquisa, digite Update e, na lista de resultados, clique em Windows Update.

  2. Clique em Alterar configurações.

  3. Verifique se a opção Instalar atualizações automaticamente (recomendado) está selecionada.

    O Windows instalará as atualizações importantes em seu computador à medida que forem disponibilizadas. As atualizações importantes fornecem benefícios significativos, como maior segurança e confiabilidade.

  4. Em Atualizações recomendadas, verifique se a caixa de seleção Envie-me atualizações recomendadas da mesma maneira como eu recebo atualizações importantes está marcada e clique em OK.

    As atualizações recomendadas podem solucionar problemas não críticos e ajudar a aperfeiçoar sua experiência ao usar o PC. É necessário ter permissão do administradorSe você for solicitado a informar uma senha de administrador ou sua confirmação, digite a senha ou forneça a confirmação.

Para mais informações, consulte Noções básicas sobre atualização automática do Windows.

Instale a versão mais atual do seu navegador e mantenha-o atualizado

Usar a versão mais recente do seu navegador e mantê-lo atualizado são dois dos melhores jeitos de evitar problemas online. Na maioria dos casos, a versão mais recente de um navegador contém correções de segurança e novos recursos que podem ajudar a proteger o seu computador e a sua privacidade, quando você está online.

Além disso, muitos navegadores oferecem atualizações de segurança periodicamente. Então, sempre instale atualizações para seu navegador assim que estiverem disponíveis.

Se você usar o Internet Explorer, poderá receber atualizações para ele automaticamente, usando o Windows Update. Se o computador não estiver configurado para receber as atualizações automaticamente, você pode solicitá-las usando o Internet Explorer. Clique no botão Segurança e, em seguida, clique em Windows Update. Siga as instruções na tela para procurar atualizações.

Ative os recursos de segurança do seu navegador

Muitos navegadores têm recursos de segurança que ajudam você a navegar com segurança pela web. Então, é uma boa ideia ver que recursos de segurança o seu navegador oferece e verificar se eles estão habilitados.

Se você usar o Internet Explorer, eis alguns dos recursos de segurança disponíveis:

  • Filtro do SmartScreen, que pode ajudar a protegê-lo contra ataques de phishing online, fraudes e sites falsos ou mal-intencionados. Para mais informações, consulte Filtro SmartScreen: perguntas frequentes.

  • Realce de domínio, que permite que você veja com facilidade o verdadeiro endereço do site da Web que você está visitando. Isso ajuda você a evitar sites enganosos ou de phishing que usam endereços da Web feitos para enganar você. O verdadeiro domínio que você está visitando é realçado na barra de endereços.

  • Gerenciar Complementos, que permite que você desabilite ou permita complementos do navegador da Web e exclua controles ActiveX indesejados. Para mais informações, consulte Como os complementos do navegador afetam o computador?

  • Filtro Cross-Site Scripting (XSS), que pode ajudar a evitar ataques de sites de phishing e fraudulentos que podem tentar roubar suas informações pessoais e financeiras. Para mais informações, consulte Como o Internet Explorer ajuda a me proteger contra ataques de script entre sites?

  • Uma conexão segura (SSL) de 128 bits para usar sites seguros. Ela ajuda o Internet Explorer a criar uma conexão criptografada com sites de bancos, lojas online, sites médicos ou outras organizações que lidam com informações confidenciais de clientes. Para mais informações, consulte Como saber se uma transação online é segura.

Para mais informações sobre proteger o seu computador e a sua privacidade, quando você estiver online, acesse o site de Segurança da Microsoft ou o site de Segurança Online da Microsoft .

Use uma conta de usuário padrão

Quando você faz logon no computador, o Windows lhe concede um determinado nível de direitos e privilégios, dependendo do tipo de conta de usuário que você tem. Existem três tipos diferentes de contas de usuário: padrão, administrador e convidado.

Embora uma conta de administrador forneça controle completo sobre um computador, o uso de uma conta padrão poderá ajudá-lo a tornar seu computador mais seguro. Dessa forma, se outras pessoas (ou hackers) tiverem acesso ao seu computador enquanto você estiver conectado, elas não poderão violar as configurações de segurança do computador ou alterar outras contas de usuário. Você poderá verificar seu tipo de conta depois que fizer logon da seguinte forma:

As etapas a serem seguidas variam, dependendo de o computador estar conectado a um domínio ou a um grupo de trabalho. Para descobrir, consulte "Para verificar se seu computador está em um grupo de trabalho ou domínio" no Qual é a diferença entre domínio,grupo de trabalho e grupo doméstico?

Mostrar tudo

Meu computador está em um domínio

  1. Digite o nome de usuário e a senha da sua conta na tela de boas-vindas.

    Imagem da Tela de boas-vindas
    A tela de boas-vindas
  2. Para abrir as Contas de Usuário, clique no botão IniciarImagem do botão Iniciar, em Painel de Controle, em Contas de Usuário, em Contas de Usuário e em Gerenciar Contas de Usuário. É necessário ter permissão do administradorSe você for solicitado a informar uma senha de administrador ou sua confirmação, digite a senha ou forneça a confirmação.

    Seu nome de usuário é realçado e o tipo de conta é exibido na coluna Grupo.

    Imagem do usuário conectado no momento, em Gerenciar Contas de Usuários, no Painel de Controle
    Usuário atualmente conectado e tipo de conta desse usuário

Meu computador está em um grupo de trabalho

  1. Digite o nome de usuário e a senha da sua conta na tela de boas-vindas.

    Imagem da Tela de boas-vindas
    A tela de boas-vindas
  2. Para abrir as Contas de Usuário, clique no botão IniciarImagem do botão Iniciar, em Painel de Controle, em Contas de Usuário e Proteção para a Família, em Contas de Usuário e em Gerenciar outra conta. É necessário ter permissão do administradorSe você for solicitado a informar uma senha de administrador ou sua confirmação, digite a senha ou forneça a confirmação.

    O tipo de conta é exibido logo após seu nome de usuário.

    Imagem do usuário conectado no momento, em Contas de Usuários, no Painel de Controle
    Usuário atualmente conectado e tipo de conta desse usuário

    Se o seu tipo de conta for Administrador, isso indica que você está atualmente conectado como um administrador.

Se você estiver usando uma conta de administrador, consulte Alterar o tipo de conta de um usuário para saber como alterá-la para uma conta padrão.

Para mais informações, consulte Contas de usuário: perguntas frequentes.

Dicas para usar email e a Web com segurança

  • Tenha cuidado ao abrir anexos de email. Anexos de email (arquivos que vêm com mensagens de email) são a principal fonte de infecção por vírus. Nunca abra um anexo de alguém que você não conhece. Se você conhecer o remetente mas não estiver esperando um anexo, verifique se ele realmente o enviou antes de abri-lo.

  • Guarde suas informações pessoais com muito cuidado. Se um site pedir o número do seu cartão de crédito, informações bancárias ou outras informações pessoais, verifique se o sistema de transação é seguro e se você pode confiar nesse site.

  • Cuidado ao clicar em hiperlinks em mensagens de email. Hiperlinks (links que, quando clicados, abrem sites da web) são frequentemente usados em golpes de phishing e spyware, mas também transmitem vírus. Clique somente em links de mensagens de email que você tenha certeza serem legítimas.

  • Instale somente complementos de sites nos quais você confie. Complementos do navegador da Web permitem que páginas da Web exibam itens como barras de ferramentas, vídeos, animações e cotações de ações. Entretanto, os complementos também podem instalar spywares ou outros softwares mal-intencionados. Se um site pedir que você instale um complemento, verifique se ele é confiável antes de fazê-lo.



Precisa de mais ajuda?