Espaços de Armazenamento: FAQ

Seguem-se as respostas a algumas perguntas comuns sobre Espaços de Armazenamento.

Mostrar tudo

O que é o Espaços de Armazenamento?

O Espaços de Armazenamento permite agrupar unidades num agrupamento de armazenamento. Em seguida, pode utilizar a capacidade do agrupamento para criar espaços de armazenamento.

  • Os espaços de armazenamento são unidades virtuais apresentadas no Explorador de Ficheiros. Pode utilizá-los tal como qualquer outra unidade, pelo que é fácil trabalhar com ficheiros nelas.

  • Pode criar espaços de armazenamento de grande dimensão e adicionar mais unidades aos mesmos quando o agrupamento tiver pouca capacidade.

  • Se tiver duas ou mais unidades no agrupamento de armazenamento, pode criar espaços de armazenamento que não serão afetados por uma falha da unidade, ou inclusivamente a falha de duas unidades, se criar um espaço de armazenamento de espelho de três vias.

O que é necessário para criar um espaço de armazenamento?

Tudo aquilo que necessita é uma ou mais unidades extra, além da unidade na qual o Windows está instalado. Estas unidades podem ser unidades de disco rígido internas ou externas ou unidades de estado sólido. Pode utilizar vários tipos de unidades com os Espaços de Armazenamento, incluindo unidades USB, SATA e SAS.

Como criar um espaço de armazenamento?

  1. Adicione ou ligue todas as unidades que pretende agrupar com os Espaços de Armazenamento.

  2. Faça o gesto de percorrer a partir da margem direita do ecrã e, em seguida, toque em Procurar.
    (Se estiver a usar um rato, aponte para o canto inferior direito do ecrã, mova o ponteiro do rato para cima e clique em Procurar.)

  3. Introduza Espaços de Armazenamento na caixa de pesquisa.

  4. Escolha Espaços de Armazenamento nos resultados da pesquisa.

  5. Toque ou clique em Criar um novo agrupamento e espaço de armazenamento.

  6. Selecione as unidades que pretende adicionar ao novo espaço de armazenamento e, em seguida, toque ou clique em Criar agrupamento.

  7. Atribua um nome e uma letra à unidade e, em seguida, escolha um esquema. Espelho de duas vias, Espelho de três vias e Paridade podem ajudar a proteger os ficheiros no espaço de armazenamento contra a falha de uma unidade.

  8. Introduza a dimensão máxima do espaço de armazenamento e, em seguida, toque ou clique em Criar espaço de armazenamento.

    Escolher as definições para um novo espaço de armazenamento
    Escolher as definições para um novo espaço de armazenamento

Quais são as utilizações mais indicadas para os espaços simples, de espelho ou de paridade?

Há três tipos de Espaço de Armazenamento diferentes com características únicas que os tornam mais ou menos adequados para o armazenamento de diferentes tipos de ficheiro.

  • Os espaços simples destinam-se a um desempenho melhorado, mas não protegem os ficheiros contra falhas na unidade através da salvaguarda de várias cópias. São mais indicados para dados temporários (tais como ficheiros de composição de vídeo), ficheiros de rascunho do editor de imagens e ficheiros de objeto do compilador intermediário. Os espaços simples precisam de, pelo menos, uma unidade.

  • Os espaços de espelho foram concebidos para um desempenho melhorado e protegem os ficheiros contra falhas na unidade através da salvaguarda de mais de uma cópia. Os espaços de espelho de duas vias criam duas cópias dos seus ficheiros e conseguem tolerar falhas numa unidade, ao passo que os espaços de espelho de três vias conseguem tolerar falhas em duas unidades. São bons para armazenar um vasto leque de dados, desde uma partilha de ficheiros de âmbito geral a uma biblioteca VHD. Quando um espaço de espelho é formatado com o Sistema de Ficheiros Resiliente (ReFS), o Windows mantém automaticamente a integridade dos dados, o que torna os seus ficheiros ainda mais resistentes a falhas na unidade. Os espaços de espelho de duas vias necessitam de, pelo menos, duas unidades e os espaços de espelho de três vias precisam de, no mínimo, cinco.

  • Os espaços de paridade foram desenvolvidos a pensar na eficiência do armazenamento e protegem os ficheiros contra falhas na unidade através da salvaguarda de mais de uma cópia. Os espaços de paridade são os mais adequados para o arquivamento de dados e a transmissão em fluxo de multimédia, como música e vídeos. Este esquema de armazenamento necessita de, pelo menos, três unidades para o proteger contra falhas numa única unidade e de, no mínimo, sete unidades para o proteger contra falhas em duas unidades.

Precisa de mais ajuda?