Ao adicionar uma conta de utilizador a um grupo, pode evitar as mesmas concessões de acesso e permissões a muitos utilizadores diferentes individualmente. Os membros de um grupo podem efectuar os mesmos tipos de alterações a definições e têm o mesmo tipo de acesso a pastas, impressoras e outros serviços de rede.

Nota

  • Estes passos não podem ser levados a cabo no Windows Vista Starter, Windows Vista Home Basic e Windows Vista Home Premium.

  1. Abrir a Consola de gestão da Microsoft clicando no botão IniciarImagem do botão Iniciar, escrevendo mmc na caixa Procurar e, em seguida, premindo ENTER. São necessárias credenciais de administrador Se lhe for pedida uma palavra-passe de administrador ou uma confirmação, escreva a palavra-passe ou dê a confirmação.

  2. No painel da esquerda da Consola de gestão da Microsoft, clique em Grupos e utilizadores locais.

    Se não encontrar Grupos e utilizadores locais

    Se não encontrar Grupos e utilizadores locais, é provavelmente porque esse snap-in não foi adicionado à Consola de gestão da Microsoft. Siga os passos seguintes para o instalar:

    1. Na Consola de gestão da Microsoft, clique no menu Ficheiro e, em seguida, clique em Adicionar/remover snap-in.

    2. Clique em Utilizadores e Grupos Locais e, em seguida, clique em Adicionar.

    3. Clique em Computador Local e, em seguida, clique em Concluir.

    4. Clique em OK.

  3. Faça duplo clique na pasta Grupos.

  4. Clique com o botão direito do rato no grupo ao qual pretende adicionar a conta de utilizador, e em seguida, clique em Adicionar a grupo.

  5. Clique em Adicionar e, em seguida, escreva o nome de utilizador.

  6. Clique em Verificar Nomes e, em seguida, clique em OK.

Nota

  • Para ajudar a tornar o computador mais seguro, adicione um utilizador ao grupo Administradores apenas se for absolutamente necessário. Os utilizadores do grupo Administradores têm controlo absoluto sobre o computador. Podem consultar os ficheiros de todos os utilizadores, alterar todas as palavras-passe e instalar qualquer software que pretendam.