Gravar um CD ou DVD no Windows Media Center: perguntas mais frequentes

Seguem-se as respostas a algumas perguntas frequentes sobre a gravação de CDs e DVDs no Windows Media Center.

Mostrar tudo

Que tipos de CD podem ser gravados no Windows Media Center?

Para gravar um CD no Windows Media Center, necessita de um gravador de CD ligado e instalado no computador. Um gravador de CD pode ser instalado interna ou externamente no computador, consoante o tipo de gravador de CD. Os gravadores de CD internos são instalados num dos compartimentos de unidade do computador. Os gravadores de CD externos são unidades autónomas ligadas ao computador através de uma ligação USB 2.0 ou, em alguns casos, de uma ligação IEEE 1394.

Pode utilizar um disco CD-R ou CD-RW vazio para gravar CDs no Windows Media Center. Os tipos de CD graváveis utilizados dependem do tipo de CD gravável suportado pelo gravador de CD e do tipo de disco da sua preferência. Quando gravar CDs, lembre-se de que nem todos os leitores de CD conseguem reproduzir discos CD-RW. Pode utilizar o Windows Media Center para gravar os seguintes tipos de CD:

  • CD de Áudio. Quando grava um CD de áudio, o Windows Media Center converte os ficheiros de áudio digitais num formato de áudio que os leitores de CD padrão podem reconhecer e reproduzir. Os CDs de áudio podem ser reproduzidos na maior parte dos computadores e leitores de CD domésticos ou do carro que reproduzam discos CD-R e/ou CD-RW. Pode gravar um CD de áudio a partir dos formatos de ficheiro de áudio Windows Media Audio (WMA), MP3 ou WAV.

    Alguns ficheiros de áudio digital podem estar protegidos e não permitir a gravação num CD, dependendo dos direitos de utilização de multimédia atribuídos pelo fornecedor ou proprietário do conteúdo a ficheiros de áudio digital específicos.

  • CD de Dados. Um CD de dados pode armazenar cerca de 700 megabytes (MB) de ficheiros de música, imagens ou vídeo. Os CDs de dados também são úteis para efectuar cópias de segurança dos ficheiros de dados. Quando grava um CD de dados no Windows Media Center, os ficheiros de multimédia digital não são convertidos noutro formato e são apenas copiados para o CD. Contudo, lembre-se de que alguns computadores e leitores de CD poderão não conseguir reproduzir CDs de dados ou alguns dos tipos de ficheiro que podem ser gravados num CD de dados.

Que tipos de DVD podem ser gravados no Windows Media Center?

Para gravar um DVD no Windows Media Center, necessita de um gravador de DVD ligado e instalado no computador. Um gravador de DVD pode ser instalado interna ou externamente no computador, consoante o tipo de gravador de DVD. Os gravadores de DVD internos são instalados num dos compartimentos de unidade do computador. Os gravadores de DVD externos são unidades autónomas ligadas ao computador através de uma ligação USB 2.0 ou, em alguns casos, de uma ligação IEEE 1394.

O tipo de DVD gravável utilizado depende do seu gravador de DVD. Alguns gravadores de DVD só conseguem gravar em determinados tipos de DVD graváveis. Por exemplo, alguns gravadores de DVD só permitem a gravação em discos DVD+R ou DVD+RW, ou em discos DVD-R ou DVD-RW. Contudo, outros gravadores de DVD permitem gravar em todos estes tipos de DVD graváveis. Para determinar os tipos de DVD suportados para gravação com o seu gravador de DVD, consulte o manual fornecido com o gravador de DVD.

Desde que o gravador de DVD suporte a gravação nestes tipos de disco, pode gravar um DVD no Windows Media Center utilizando um dos seguintes tipos de DVD gravável ou regravável: DVD+R, DVD+RW, DVD-R e DVD-RW.

No Windows Media Center, pode gravar os seguintes tipos de DVD:

  • DVD de Vídeo. Quando grava um DVD de vídeo, o Windows Media Center converte todos os ficheiros de vídeo seleccionados num formato de vídeo que os leitores de DVD podem reconhecer e reproduzir. Em muitos casos, também pode reproduzir o DVD de vídeo no computador utilizando o Windows Media Center.

  • DVD de Dados. Quando grava um DVD de dados no Windows Media Center, os ficheiros de multimédia digital não são convertidos noutro formato e são apenas copiados para o DVD. Os DVDs de dados são úteis para criar cópias de segurança dos ficheiros de multimédia digital, já que um DVD de um lado pode armazenar cerca de 4,7 gigabytes (GB) de ficheiros de música, imagens ou vídeo. Por exemplo, pode criar cópias de segurança de todas as fotografias digitais armazenadas no computador, bem como dos ficheiros de música e vídeo. Contudo, lembre-se de que alguns computadores e leitores de DVD poderão não conseguir reproduzir DVDs de dados ou alguns dos tipos de ficheiro que podem ser gravados num DVD de dados.

    Os CDs ou DVDs de dados só podem ser acedidos posteriormente num computador e não em dispositivos electrónicos de consumo, tais como leitores de CD ou DVD autónomos.

    Alguns ficheiros ou conteúdo de multimédia digital podem estar protegidos e, quando arquivados num CD ou DVD, poderá não ser possível reproduzi-los noutros computadores. Os direitos de utilização de multimédia podem especificar como o ficheiro deve ser utilizado e se os direitos de utilização de multimédia expiram. Por exemplo, os direitos de utilização de multimédia podem especificar se é possível copiar o ficheiro para um dispositivo portátil ou reproduzi-lo noutro computador.

    Alguns programas de TV ou ficheiros de vídeo podem estar protegidos. Poderá não ser possível gravar os ficheiros de vídeo protegidos num DVD, dependendo dos direitos atribuídos aos ficheiros de vídeo pelo proprietário, originador ou emissor do conteúdo.

  • DVD de Apresentação de Diapositivos. Quando grava um DVD de apresentação de diapositivos no Windows Media Center, as imagens seleccionadas são codificadas para um ficheiro de vídeo MPEG-2 e qualquer ficheiro de áudio seleccionado é codificado para áudio Dolby Digital. Para um DVD de apresentação de diapositivos, as imagens são apresentados à medida que a música é reproduzida. Pode reproduzir um DVD de apresentação de diapositivos num leitor de DVD padrão, bem como no computador através do Windows Media Center.

Em média, qual a quantidade de vídeo suportada por um DVD gravável quando gravo um DVD de vídeo?

A quantidade de vídeo suportada por um DVD depende do tipo de DVD gravável utilizado.

A tabela seguinte lista a quantidade de vídeo estimada suportada por DVD quando grava um DVD de vídeo utilizando o Windows Media Center. O tipo de DVD que pode utilizar depende do gravador de DVD instalado no computador.

  • Tipo de DVD Um Lado Uma Camada

    Quantidade média de vídeo e áudio: 120 minutos

  • Tipo de DVD Um Lado Camada Dupla

    Quantidade média de vídeo e áudio: 220 minutos

O que determina a duração da gravação do DVD?

Os seguintes factores determinam a duração da gravação de um DVD:

  • Recursos de sistema disponíveis no computador. A velocidade do processador do computador, o espaço disponível no disco e a quantidade de RAM determinam quanto tempo irá demorar a codificação do vídeo e a gravação do mesmo num DVD.

  • A velocidade do gravador de DVD, bem como o tipo de DVD gravável que está a utilizar. Um gravador de DVD mais rápido com DVDs graváveis mais rápidos oferece uma gravação mais rápida quando comparado com a gravação de um DVD com um gravador de DVD mais lento e DVDs graváveis mais lentos.

  • Duração do vídeo no DVD. Quando utiliza o Windows Media Center para criar um DVD de vídeo, a totalidade de vídeo e áudio tem de ser convertida primeiro num formato de ficheiro de vídeo e áudio que os leitores de DVD possam descodificar e reproduzir. Os vídeos mais longos demoram mais a gravar.

    Poderá querer incluir imagens e música digital no DVD quando cria um DVD de apresentação de diapositivos. As imagens e a música são codificadas num formato de vídeo MPEG-2 e áudio Dolby Digital, pelo que o tempo de criação e gravação do DVD de apresentação de diapositivos aumenta.

Por que razão é apresentada uma notificação a indicar que a qualidade diminuirá quando adiciono alguns ficheiros de vídeo a um DVD de vídeo?

A notificação será apresentada quando adiciona diversos ficheiros de vídeo diferentes, como, por exemplo, programas de TV gravados, a um DVD de vídeo. Esta notificação é apresentada porque o Windows Media Center tentará colocar os ficheiros de vídeo seleccionados no disco. No entanto, para que todos os ficheiros de vídeo sejam colocados no disco, poderá ser necessário diminuir a qualidade de cada ficheiro de vídeo. Obterá um DVD com ficheiros de vídeo de qualidade inferior em comparação com um DVD com menos vídeos.

Por que razão me é perguntado se pretendo ignorar um ficheiro quando estou a gravar um CD de áudio?

Antes de a gravação ser iniciada, o Windows Media Center efectua uma verificação inicial dos ficheiros existentes na lista de gravação. Em alguns casos, um ficheiro pode ter uma condição de erro que impede a gravação ou pode estar protegido com direitos de utilização de multimédia que proíbem a gravação num CD de áudio ou limitam o número de vezes que o ficheiro pode ser gravado num CD de áudio. Quando o Windows Media Center detecta um ou mais ficheiros com um problema durante a verificação inicial, é apresentada uma notificação que lhe permite ignorar os ficheiros e continuar a gravar os restantes ficheiros da lista ou parar o processo de gravação para tentar resolver o problema. Se o Windows Media Center detectar problemas noutros ficheiros após a verificação inicial, terá de resolvê-los ou remover os ficheiros da lista de gravação antes de poder continuar com a gravação.

Notas

  • É necessário um sintonizador de TV analógico ou digital para reproduzir e gravar programas de TV em directo no Windows Media Center. Se o seu computador não estiver equipado com uma placa de televisão, é possível que consiga instalar uma. Para informações sobre como obter uma placa de televisão, consulte Obter ajuda sobre a sua placa de televisão ou contacte o fabricante do seu computador.

    A utilização e/ou duplicação não autorizada de material protegido por direitos de autor poderá constituir uma violação da legislação de direitos de autor nos Estados Unidos e/ou noutros países/regiões. O material protegido por direitos de autor inclui, mas não se limita a, software, documentação, gráficos, letras, fotografias, ClipArt, animações, clips de vídeo e filmes, bem como som e música (incluindo MP3 codificados). A violação da legislação de direitos de autor norte-americana e internacional poderá dar lugar à aplicação de significativas sanções civis e/ou criminais.