Formatar discos e unidades

Os discos rígidos, que são os principais dispositivos de armazenamento do computador, têm de ser armazenados antes de poderem ser utilizados. Formatar um disco significa configurá-lo com um sistema de ficheiros para que o Windows possa armazenar informações no disco. Os discos rígidos dos computadores novos com o Windows já estão formatados. Se comprar um disco rígido adicional para expandir a capacidade de armazenamento do computador, irá provavelmente necessitar de o formatar.

Outros tipos de dispositivos de armazenamento, incluindo muitas unidades flash USB e cartões de memória Flash, podem ter sido pré-formatados pelo fabricante. Os CDs e DVDs utilizam formatos diferentes dos discos rígidos e dos dispositivos de armazenamento amovíveis. Para informações sobre como formatar CDs e DVDs, consulte Que formato de CD ou DVD devo utilizar?

Aviso

  • A formatação apaga os ficheiros existentes num disco rígido. Se formatar um disco rígido que contenha ficheiros, estes serão eliminados.

Seguem-se as respostas a algumas perguntas frequentes sobre a formatação de discos e unidades.

Mostrar tudo

Com que frequência necessito de me preocupar com a formatação de discos?

Normalmente, só quando adicionar armazenamento ao computador. Se instalar um disco rígido novo no computador, este tem de ser formatado com um sistema de ficheiros, tal como o NTFS, antes que o Windows possa armazenar ficheiros nele.

O que acontece se reformatar o disco rígido?

Reformatar significa formatar um disco rígido ou uma partição que já tenha sido formatada ou que contenha dados. Reformatar um disco elimina todos os dados existentes no disco.

Antigamente, reformatar um disco rígido e reinstalar o Windows era por vezes recomendado como método de corrigir um problema grave do computador. Reformatar corrigiria o problema mas teria de eliminar tudo do computador. Terá de instalar novamente os programas utilizando os ficheiros ou discos de instalação originais e, em seguida, restaurar todos os ficheiros pessoais, como os documentos, a música e as imagens, a partir de cópias de segurança que fez antecipadamente.

Actualmente, esta versão do Windows oferece uma série de opções de recuperação que são menos drásticas e que fornecem um local melhor para começar a corrigir os problemas do computador. Para mais informações, procure "opções de recuperação do sistema" na Ajuda e Suporte do Windows. A reformatação e a reinstalação deverão ser consideradas como um último recurso que só será utilizado depois de todas as outras opções de recuperação ou diagnóstico terem sido experimentadas sem êxito.

O que necessito de fazer para formatar um disco rígido?

Antes de poder formatar um disco rígido, tem de criar uma ou mais partições nele. Depois de ter criado partições no disco rígido, poderá formatar cada partição. (Os termos volume e partição são muitas vezes utilizados indiferenciadamente.) Pode dividir o disco rígido em partições de modo a que este contenha um só volume ou vários volumes. Cada volume é atribuído a uma letra de unidade própria. Para mais informações, consulte Criar e formatar uma partição de um disco rígido.

Que sistema de ficheiros devo utilizar?

Para esta versão do Windows, a melhor opção para discos rígidos é o NTFS. Algumas versões anteriores do Windows requeriam a FAT32, pelo que existem algumas circunstâncias, tal como um computador multiboot, que poderão requerer a FAT32. Para obter mais informações, consulte Comparar os sistemas de ficheiros NTFS e FAT.

O que é uma formatação rápida?

A formatação rápida é uma opção de formatação que cria uma nova tabela de ficheiros num disco rígido mas que não substitui ou apaga completamente os dados existentes no disco. Uma formatação rápida é muito mais rápida do que uma formatação normal, que apaga totalmente quaisquer dados existentes no disco rígido.

O que são partições e volumes?

Uma partição é uma área de um disco rígido que pode ser formatada e atribuída a uma letra de unidade. Num disco básico (o tipo mais comum de disco nos computadores pessoais), um volume é uma partição primária ou unidade lógica formatada. (Os termos partição e volume são muitas vezes utilizados indiferenciadamente.) A partição de sistema tem normalmente a letra C. As letras A e B estão reservadas para unidade amovíveis ou unidades de disquetes. Alguns computadores têm os discos rígidos divididos numa única partição, pelo que a totalidade do disco rígido é representada pela letra C. Outros computadores poderão ter uma partição adicional que contém ferramentas de recuperação, para o caso das informações existentes na partição C ficarem danificadas ou inutilizáveis.

Como posso criar mais partições?

Só pode criar mais partições ou volumes se o disco rígido contiver espaço não alocado, que é espaço não formatado que não faça parte de uma partição ou volume existente. Para criar espaço não alocado, pode reduzir um volume ou utilizar uma ferramenta de criação de partições de outro fabricante. Para obter mais informações, consulte Posso dividir o meu disco rígido em partições?.

Como posso adicionar um novo disco rígido?

Se estiver a adicionar um disco rígido interno, consulte as informações fornecidas com o novo disco rígido. Se estiver a instalar um disco rígido externo ligado através de um cabo USB, esta versão do Windows deverá reconhecer o disco rígido. Se esta versão do Windows não reconhecer o disco, consulte Criar e formatar uma partição de um disco rígido.

Optei por reformatar o meu disco rígido e reinstalar o Windows, mas quando tento formatar o meu disco rígido, o Windows avisa que não consegue concluir a reformatação.

Não pode reformatar um disco ou uma partição que esteja actualmente em uso, incluindo a partição que contém o Windows. Esta é uma funcionalidade de segurança pelo que não é possível eliminar o Windows acidentalmente. Para reformatar o disco rígido do computador e reinstalar o Windows, reinicie o computador utilizando o disco de instalação do Windows (normalmente conhecido como iniciar o arranque a partir do disco de instalação). Durante o processo de configuração, pode dividir novamente o disco rígido em partições e, em seguida, reinstalar o Windows. O processo apagará os ficheiros e os programas, pelo que deverá certificar-se de que faz cópias de segurança dos seus dados e programas antes de começar. Para mais informações, procure "instalar e reinstalar o Windows" na Ajuda e Suporte do Windows.

Tenho um sistema de arranque duplo, com o Windows XP numa partição e o Windows Vista na outra partição. Já não utilizo o Windows XP e quero recuperar esse espaço. Posso eliminar ou reformatar com segurança a partição do Windows XP?

Eliminar a partição que contém o sistema operativo original num sistema de multiboot poderá fazer com que o sistema deixe de funcionar. Essa partição contém ficheiros de sistema em que o BIOS (sistema de entrada/saída básico) do computador confia para iniciar o computador, independentemente do sistema operativo que pretenda utilizar.

Mesmo assim, pode aceder aos ficheiros armazenados na partição do Windows XP, bem como a qualquer espaço livre, a partir do Windows Vista, pelo que o espaço disponível na partição do Windows XP não está perdida. Pode criar atalhos para as pastas novas e existentes na partição do Windows XP para tornar o acesso ao espaço de armazenamento mais conveniente. Para mais informações, consulte Atalhos: perguntas mais frequentes.

Se pretender remover permanentemente o Windows XP do computador, considere a realização de uma instalação limpa do Windows Vista. Reinicie o computador utilizando o disco de instalação do Windows Vista (normalmente conhecido como iniciar o arranque a partir do disco de instalação). Durante o processo de configuração, pode dividir novamente o disco rígido em partições e, em seguida, reinstalar o Windows. O processo apagará os ficheiros e os programas, pelo que deverá certificar-se de que faz cópias de segurança dos seus dados e de que guarda os discos de instalação dos programas ou ficheiros antes de começar. Para mais informações, procure "instalar e reinstalar o Windows" na Ajuda e Suporte do Windows.