Métodos para fazer cópias de segurança dos ficheiros

É possível perder ficheiros eliminando-os ou substituindo-os acidentalmente, devido a um ataque de vírus ou de worm, falha de software ou hardware ou devido a uma falha total do disco rígido. Para proteger os seus ficheiros pode criar uma cópia de segurança: um conjunto de cópias dos ficheiros que é armazenado numa localização diferente dos ficheiros originais. O Windows fornece ferramentas para fazer cópias de segurança dos ficheiros, programas e das definições de sistema.

Tipos de cópias de segurança

Deve criar cópias de segurança dos seus ficheiros pessoais e das suas definições de programas e de sistema. Também deve criar pontos de restauro para que possa restaurar o seu computador para um estado anterior, se necessário. A tabela seguinte descreve cada uma das opções.

Para fazer cópias de segurança
Utilizar
Quando utilizar

Ficheiros pessoais, tais como imagens música e documentos

Assistente de Cópia de Segurança de Pastas e Ficheiros

Deve fazer cópias de segurança dos ficheiros que cria e altera regularmente. Também é boa ideia criar cópias de segurança dos seus ficheiros antes de efectuar quaisquer alterações ao sistema, tal como adicionar hardware novo, actualizar controladores, editar o registo ou efectuar grandes alterações ao Windows, tal como instalar um service pack. Para mais informações sobre cópias de segurança dos ficheiros, consulte Fazer uma cópia de segurança dos ficheiros.

O assistente de Cópia de Segurança de Ficheiros está incluído nas versões Windows Vista Home Basic, Windows Vista Home Premium, Windows Vista Business, Windows Vista Enterprise e Windows Vista Ultimate.

Todo o computador

Cópia de Segurança Windows Complete PC

Quando configura o seu computador pela primeira vez, deve criar uma imagem de Cópia de Segurança Windows Complete PC, semelhante a tirar um instantâneo dos programas, definições do sistema e ficheiros no computador. Pode utilizar uma cópia de segurança se o seu computador tiver problemas de funcionamento. Apesar de este tipo de cópia de segurança incluir os ficheiros pessoais, recomenda-se que faça uma cópia de segurança dos ficheiros regularmente com o assistente de Cópia de Segurança de Pastas e Ficheiros . Também deve actualizar a imagem de Cópia de Segurança Windows Complete PC a cada seis meses.

Windows A Cópia de Segurança e Restauro Complete PC está incluída nas versões Windows Vista Business, Windows Vista Enterprise e Windows Vista Ultimate.

Nota

  • Deve configurar pontos de restauro regularmente para que possa anular quaisquer definições, tais como actualizações de controladores, que possam tornar o seu computador instável. Para mais informações sobre o pontos de restauro, consulte Restauro do Sistema: perguntas mais frequentes

Formas de armazenar cópias de segurança

É possível fazer cópias de segurança de ficheiros em qualquer dos seguintes tipos de armazenamento:

  • Discos rígidos (internos ou externos)

  • Outros discos amovíveis

  • DVDs e CDs graváveis

  • Localizações de rede

As primeiras três opções são normalmente conhecidas colectivamente como suportes de dados. Também poderá utilizar um serviço de armazenamento de ficheiros baseado na Internet. Para decidir a opção a utilizar, compare a conveniência, o preço e a facilidade de utilização e tenha em consideração a quantidade e o tamanho dos ficheiros dos quais pretende fazer uma cópia de segurança.

Dispositivos de armazenamento

Discos rígidos internos. Pode instalar (ou pedir a alguém que instale) um segundo disco interno no seu computador e utilizá-lo para guardar cópias de segurança dos ficheiros. Os discos rígidos são relativamente baratos e não são afectados se tiver um problema com o seu sistema operativo. Também pode instalar o disco noutro computador, se comprar um computador novo e quiser utilizar o disco para cópias de segurança.

Nota

  • Nunca faça cópias de segurança de ficheiros para um local no mesmo disco rígido em que está instalado o Windows, porque se o computador for infectado por um vírus ou se tiver uma falha de software, pode ter de reformatar o disco e reinstalar o Windows para recuperar do problema.

Discos rígidos externos. Se o seu computador tiver uma porta USB, pode ligar um disco rígido externo e fazer cópias de segurança dos ficheiros para o disco externo. Certifique-se de que compra um disco rígido externo com bastante espaço para as suas cópias de segurança (200 GB é uma boa escolha). Para ter o máximo de protecção, mantenha o disco rígido externo num local à prova de incêndio separado do computador.

Discos graváveis

Também pode guardar os seus ficheiros em DVDs ou CDs. Certifique-se de que os discos são graváveis, o que significa que pode adicionar, eliminar e alterar o conteúdo. Se decidir utilizar este método e tiver muitos ficheiros para criar cópias de segurança, certifique-se de que tem discos suficientes para concluir a tarefa. O assistente de Cópia de Segurança de Pastas e Ficheiros indica quanto espaço necessita de cada vez que faz uma cópia de segurança e recomenda o tipo de suporte de dados a utilizar. Se der nomes aos discos com a data e a hora da cópia de segurança, é mais fácil encontrá-los posteriormente. Para obter a máxima protecção, mantenha os discos num local à prova de incêndio separado do computador.

Localizações de rede

Se o computador se encontrar numa rede, poderá efectuar cópias de segurança para uma localização de rede. Certifique-se de que tem as permissões correctas para a rede e de que os outros utilizadores não conseguem aceder à sua cópia de segurança.