Os menus, botões, barras de deslocamento e caixas de verificação são exemplos de controlos operados com o rato ou teclado. Estes controlos permitem-lhe seleccionar comandos, alterar definições ou trabalhar com janelas. Esta secção descreve como reconhecer e utilizar controlos que irá encontrar frequentemente enquanto utilizar o Windows.

Utilizar menus

A maior parte dos programas contém dezenas ou até mesmo centenas de comandos (acções) que são utilizados para trabalhar com o programa. Muitos destes comandos estão organizados em menus. Tal como o menu de um restaurante, o menu de um programa apresenta-lhe uma lista de opções. Para manter o ecrã livre, os menus estão ocultos até que clique nos respectivos títulos na barra de menus, localizada abaixo da barra de título. Por exemplo, se clicar em "Imagem" na barra de menus do Paint irá visualizar o menu Imagem:

Imagem do menu Imagem no Paint
Clicar numa palavra na barra de menus abre um menu

Para seleccionar um dos comandos listados num menu, clique nele. Por vezes é apresentada uma caixa de diálogo, na qual poderá seleccionar mais opções. Se um comando estiver indisponível e não for possível clicar nele, é apresentado a cinzento, tal como o comando Recortar na imagem.

Alguns itens de menu não são comandos. Em vez disso, estes itens abrem outros menus. Na imagem seguinte, apontar para "Zoom" abre um submenu. Se apontar para "Personalizar" no submenu irá abrir outro submenu.

Imagem de um menu e submenu
Alguns comandos de menu abrem submenus

Se não vir o comando pretendido, tente observar outro menu. Mova o ponteiro do rato ao longo da barra de menus para que os menus sejam automaticamente abertos; não necessita de clicar novamente na barra de menus. Para fechar um menu sem seleccionar quaisquer comandos, clique na barra de menus ou em qualquer outra parte da janela.

Nem sempre é fácil reconhecer os menus, porque nem todos os controlos de menu têm o mesmo aspecto e alguns nem sequer aparecem numa barra de menus. Então como é possível identificá-los? Quando vir uma seta perto de uma palavra ou imagem, está provavelmente a olhar para um controlo de menu. Seguem-se alguns exemplos:

Imagem de controlos de menu no Windows
Exemplos de controlos de menu

Sugestões

  • Se existir um atalho de teclado disponível para um comando, será apresentado junto do comando.

  • Pode utilizar menus com o teclado em vez do rato. Consulte Utilizar o teclado.

Utilizar barras de deslocamento

Quando um documento, página Web ou imagem excede o tamanho da respectiva janela, são apresentadas barras de deslocamento para lhe permitir ver as informações que se encontram actualmente fora do ecrã. A imagem seguinte mostra os componentes de uma barra de deslocamento.

Imagem de barras de deslocamento horizontal e vertical
Barras de deslocamento horizontal e vertical

Para utilizar uma barra de deslocamento:

  • Clique nas setas de deslocamento para cima ou para baixo para deslocar o conteúdo da janela para cima ou para baixo em passos pequenos. Mantenha premido o botão do rato para deslocar continuamente.

  • Clique numa área vazia de uma barra de deslocamento acima ou abaixo da caixa de deslocamento para deslocar uma página para cima ou para baixo.

  • Arraste uma caixa de verificação para cima, para baixo, para a esquerda ou para a direita para deslocar a janela nessa direcção.

Sugestão

  • Se o rato tiver uma roda de deslocamento, poderá utilizá-la para deslocar documentos e páginas Web. Para deslocar para baixo, rode a roda para trás (na sua direcção). Para deslocar para cima, rode a roda para a frente (na direcção oposta à sua).

Utilizar botões de comando

Um botão de comando efectua um comando (faz acontecer qualquer coisa) quando clica nele. Os botões de comando encontram-se mais frequentemente presentes em caixas de diálogo, que são pequenas janelas que contêm opções para concluir uma tarefa. Por exemplo, se fechar uma imagem do Paint sem a guardar primeiro, poderá ver uma caixa de diálogo semelhante a esta:

Imagem de uma caixa de diálogo do Paint
Caixa de diálogo com três botões

Para fechar a imagem, tem de clicar primeiro no botão Sim ou no botão Não. Clicar em Sim guarda a imagem e quaisquer alterações efectuadas, enquanto que clicar em Não elimina a imagem e ignora quaisquer alterações efectuadas. Se clicar em Cancelar, a caixa de diálogo desaparece e coloca-o novamente no programa.

Sugestão

  • Premir ENTER efectua a mesma acção que clicar num botão de comando seleccionado (delineado).

Fora das caixas de diálogo, o aspecto dos botões de comando varia, pelo que por vezes poderá ser difícil identificar o que é um botão de comando e o que não é. Por exemplo, os botões de comando surgem frequentemente como pequenos ícones (imagens) sem qualquer texto ou moldura rectangular. A imagem abaixo mostra uma série de botões de comando:

Imagem de vários botões de comando no Windows
Exemplos de botões de comando

O modo mais fiável de identificar um botão de comando é colocar o ponteiro do rato sobre ele. Se o item de "acender" e ficar emoldurado por um rectângulo, descobriu um botão. A maior parte dos botões também apresentam algum texto sobre a respectiva função quando coloca o ponteiro do rato sobre eles:

Imagem de um ponteiro do rato no botão Apresentação de Diapositivos, mostrando informações sobre o botão
Apontar para um botão apresenta normalmente texto sobre este

Se um botão se dividir em duas partes quando apontar para ele, descobriu um botão separador. Clicar na parte principal do botão efectua um comando, enquanto que clicar na seta abre um menu com mais opções.

Imagem de botões separadores
Os botões separadores dividem-se em duas partes quando aponta para eles

Utilizar botões de opção

Os botões de opção permitem-lhe seleccionar entre duas ou mais opções. Estes botões surgem frequentemente em caixas de diálogo. A imagem abaixo mostra três botões de opção. A opção "Inverter na vertical" está seleccionada.

Imagem de botões de opção
Clicar num botão selecciona essa opção

Para seleccionar uma opção, clique num dos botões. Só é possível seleccionar uma opção.

Utilizar caixas de verificação

As caixas de verificação permitem-lhe seleccionar uma ou mais opções independentes. Contrariamente aos botões de opção, que o limitam a uma escolha, as caixas de verificação permitem-lhe seleccionar várias opções simultaneamente.

Imagem de caixas de verificação com o ponteiro do rato numa caixa de verificação vazia
Clique numa caixa de verificação vazia para seleccionar essa opção

Para utilizar as caixas de verificação:

  • Clique num quadrado vazio para seleccionar ou "activar" essa opção. É apresentada uma marca de verificação no quadrado, indicando que a opção está seleccionada.

  • Para desactivar uma opção, limpe (remova) a marca de verificação clicando nesta.

  • As opções que não podem actualmente ser seleccionadas ou desmarcadas são apresentadas a cinzento.

Utilizar controlos de deslize

Um controlo de deslize permite-lhe ajustar uma definição num intervalo de valores. Um controlo de deslize tem o seguinte aspecto:

Imagem de um controlo de deslize
Mover o controlo de deslize altera a velocidade do ponteiro

Um controlo de deslize na barra mostra o valor actualmente seleccionado. No exemplo apresentado acima, o controlo de deslize está posicionado a meio caminho entre Lenta e Rápida, indicando uma velocidade média do ponteiro.

Para utilizar um controlo de deslize, arraste o controlo de deslize na direcção do valor pretendido.

Utilizar caixas de texto

Uma caixa de texto permite-lhe escrever informações, tais como um termo de procura ou uma palavra-passe. A imagem abaixo mostra uma caixa de diálogo com uma caixa de texto. Escrevemos "urso" na caixa de texto.

Imagem de uma caixa de texto
Exemplo de uma caixa de texto numa caixa de diálogo

Uma linha vertical intermitente, chamada cursor, indica o local onde o texto que escrever será apresentado. No exemplo, pode ver o cursor após o "o" de "urso". Pode mover facilmente o cursor clicando na nova posição. Por exemplo, para adicionar uma palavra antes de "urso", teria de mover primeiro o cursor clicando antes do "u".

Se não vir um cursor na caixa de texto, isto significa que a caixa de texto não está preparada para receber texto. Clique primeiro na caixa de texto e, em seguida, comece a escrever.

As caixas de texto que requerem a introdução de uma palavra-passe ocultam normalmente a palavra-passe à medida que a escreve, para o caso de alguém estar a olhar para o seu ecrã.

Imagem de uma palavra-passe numa caixa de texto
As caixas de texto de palavra-passe ocultam normalmente a palavra-passe

Utilizar listas pendentes

As listas pendentes são semelhantes a menus. No entanto, em vez de clicar num comando tem de seleccionar uma opção. Quando fechada, uma lista pendente só apresenta a opção actualmente seleccionada. As outras opções disponíveis estão ocultas até clicar no controlo, conforme ilustrado abaixo:

Imagem de uma lista pendente
Uma lista pendente fechada (à esquerda) e aberta (à direita)

Para abrir uma lista pendente, clique nela. Para seleccionar uma opção na lista, clique na opção.

Utilizar caixas de listagem

Uma caixa de listagem apresenta uma lista de opções para selecção. Contrariamente a uma lista pendente, algumas ou todas as opções estão visíveis sem que seja necessário abrir a lista.

Imagem de uma caixa de listagem
Caixa de listagem

Para seleccionar uma opção na lista, clique na opção. Se a opção que pretende não estiver visível, utilize a barra de deslocamento para deslocar a lista para cima ou para baixo. Se a caixa de listagem tiver uma caixa de texto por cima, pode escrever o nome ou valor da opção em vez de desligar a lista.

Utilizar separadores

Em algumas caixas de diálogo, as opções estão divididas em dois ou mais separadores. Só é possível ver um separador, ou conjunto de opções, de cada vez.

Imagem de separadores
Separadores

O separador actualmente seleccionado aparece à frente dos outros separadores. Para mudar para outro separador, clique no separador pretendido.