O que são discos básicos e os discos dinâmicos?

Discos básicos e discos dinâmicos são dois tipos de configurações de disco rígido do Windows. A maior parte dos computadores pessoais estão configurados como discos básicos, que são mais fáceis de gerir. Os utilizadores avançados e profissionais de TI podem utilizar discos dinâmicos, usando vários discos rígidos num computador para gerir dados, normalmente para aumento do desempenho ou da fiabilidade.

Nota

  • Apenas o Windows Vista Enterprise Edition e o Windows Vista Ultimate Edition suportam discos dinâmicos.

Um disco básico utiliza partições primárias, partições expandidas e unidades lógicas para organizar os dados. Uma partição formatada também é chamada um volume (os termos volume e partição são muitas vezes utilizados indiferenciadamente). Nesta versão do Windows, os discos básicos podem ter quatro partições primárias ou três partições primárias e uma partição expandida. A partição expandida pode conter várias unidades lógicas (são suportadas até 128 unidades lógicas). As partições de um disco básico não podem partilhar ou dividir dados com outras partições. Cada partição de um disco básico é uma entidade separada no disco.

Os discos dinâmicos podem conter um grande número de volumes dinâmicos (aproximadamente 2000), os quais funcionam como as partições primárias utilizadas em discos básicos. Em algumas versões do Windows, é possível combinar discos rígidos dinâmicos separados num único volume dinâmico (denominado expansão), dividir dados entre vários discos rígidos (denominado repartição) para maior desempenho, ou duplicar dados entre vários discos rígidos (denominado espelhamento) para maior fiabilidade.

O Windows Vista Ultimate Edition e o Windows Vista Enterprise Edition suportam expansão e repartição de discos dinâmicos, mas não espelhamento. (O Windows Server 2008 suporta espelhamento.) Para mais informações para utilizadores avançados, visite o Web site Windows VistaSpringboard Resource Guide (esta página poderá estar em inglês).