Se o computador não tiver a RAM (random access memory) necessária para executar um programa ou operação, o Windows utiliza a memória virtual para compensar.

A memória virtual combina a RAM do computador com espaço temporário no disco rígido. Quando tiver falta de RAM, a memória virtual move dados da RAM para um espaço denominado ficheiro de paginação. Mover dados de e para o ficheiro de paginação liberta a RAM para concluir o trabalho.

Quanto mais RAM o computador tiver, mais rápida será geralmente a execução de alguns programas. Se uma falta de RAM estiver a abrandar o computador, pode ser induzido a aumentar a memória virtual para compensar. No entanto, o computador pode ler dados a partir da RAM com muito mais rapidez do que a partir do disco rígido, por isso, a adição de ‏RAM pode ser uma melhor solução.

Memória virtual e mensagens de erro

Se receber mensagens de erro que o avisam da falta de memória virtual, pode ser necessário adicionar mais RAM ou aumentar o tamanho do ficheiro de paginação de modo a que possa executar os programas no computador. O Windows gere normalmente o tamanho da memória virtual de forma automática, mas pode alterá-lo manualmente se o tamanho predefinido não for suficiente para as suas necessidades. Para obter mais informações, consulte Alterar o tamanho da memória virtual.