Alterar as definições para ripar música


Pode utilizar o Windows Media Player para ripar (ou copiar) faixas de CDs de áudio para o computador. Depois de ripar as faixas, estas passam a ser ficheiros no computador. Existem várias definições que pode personalizar para optimizar o processo de ripar.

Imagem de ripar em curso
Ripar música de um CD

Existem duas maneiras de alterar as definições para ripar na Biblioteca do Media Player. Pode inserir um CD na unidade de CD e clicar em Definições para ripar ou pode clicar no separador Ripar Músicas na caixa de diálogo Opções. O separador Ripar Músicas na caixa de diálogo Opções oferece opções adicionais que não estão disponíveis no menu Definições para ripar.

Para mais informações sobre como ripar músicas para a Biblioteca do Windows Media Player, consulte Ripar música de um CD. Para mais informações sobre a Biblioteca do Media Player, consulte Introdução ao Windows Media Player.

Veja este vídeo para obter informações sobre como alterar as definições para ripar música (1:04)
Mostrar tudo

Para alterar as definições para ripar no menu Definições para ripar

  1. Clique no botão IniciarImagem do botão Iniciar, clique em Todos os Programas e clique em Windows Media Player.
    Se o Media Player se encontrar em execução no modo Em Reprodução, clique no botão Mudar para a BibliotecaImgem do botão Mudar para a Biblioteca no canto superior direito do Media Player.
  2. Insira um CD na unidade de CD.

  3. Clique em Definições para ripar.

  4. Clique num ou mais dos seguintes itens de menu:

    Imagem de ripar em curso
    Menu Definições para ripar
    • Formato. Seleccione um formato para os ficheiros que são criados durante o processo de ripar. O formato predefinido é Windows Media Audio. Eis as outras opções disponíveis:

      • Windows Media Audio Pro. Este formato oferece uma grande variedade de utilizações, desde a máxima resolução, passando pelo áudio multicanal para sistemas de som surround até uma compressão de áudio altamente eficiente a velocidades de transmissão baixas para dispositivos portáteis. Nem todos os dispositivos suportam este formato.

      • Windows Media Audio (Velocidade de Transmissão Variável). Este formato pode reduzir o tamanho de ficheiro, mas também pode demorar mais tempo a ripar.

      • Sem Perdas do Windows Media Audio. Este formato fornece a melhor qualidade de áudio, no entanto, o tamanho do ficheiro poderá aumentar.

      • MP3. Este formato é mais antigo que o formato do Windows Media Audio e é suportado pela maioria dos dispositivos multimédia.

      • WAV (Sem Perdas). Este formato produz ficheiros muito grandes, não comprimidos.

      Nota

      • As suas selecções aplicam-se às faixas que ripar posteriormente, não é possível utilizar o Media Player para alterar o formato de uma faixa já ripada. Se não tiver a certeza do formato mais adequado às suas necessidades, experimente ripar para diferentes formatos e definições de qualidade e ouvir as diferenças para ajudá-lo a decidir.

    • Qualidade de Áudio. Pode ajustar a qualidade de compressão utilizada durante o processo de ripar faixas. Escolha uma definição de qualidade que representa o melhor compromisso entre a qualidade e o tamanho do ficheiro de acordo com o pretendido. Se não tiver a certeza da definição a utilizar, experimente ripar para diferentes formatos e velocidades de transmissão e, em seguida, reproduza os ficheiros. Note que não consegue ajustar a qualidade se tiver seleccionado um formato sem perdas, tal como Sem Perdas do Windows Media Audio ou WAV (Sem Perdas).

    • Ripar CD automaticamente. Se seleccionar esta opção, o processo de ripar é iniciado imediatamente após a inserção de um CD. Não lhe será pedido uma confirmação das definições para ripar música, todas as faixas são seleccionadas, e o processo de ripar será iniciado com ou sem ligação à Internet. Se não forem encontradas informações de multimédia durante o processo de ripar, o Media Player irá aconselhá-lo a introduzir manualmente as informações de multimédia depois de o processo de ripar estar concluído.

    • Ejectar o CD após ripar. Se pretender ripar vários CDs sucessivamente, pode seleccionar esta caixa de verificação, além de seleccionar Ripar CD automaticamente.

    • Mais opções. Abre-se a caixa de diálogo Opções para ver definições adicionais.

Para alterar as definições para ripar na caixa de diálogo Opções

  1. Clique no botão IniciarImagem do botão Iniciar, clique em Todos os Programas e clique em Windows Media Player.
    Se o Media Player se encontrar em execução no modo Em Reprodução, clique no botão Mudar para a BibliotecaImgem do botão Mudar para a Biblioteca no canto superior direito do Media Player.
  2. Na Biblioteca do Media Player, clique em Organizar e clique em Opções.

  3. Clique no separador Ripar Música.

  4. Configure uma ou mais dos seguintes definições:

    • Ripar música para esta localização. Clique nesta opção e, em seguida, clique em Alterar, se pretender armazenar os ficheiros ripados numa pasta diferente.

    • Nome do Ficheiro. Clique nesta opção se pretender utilizar uma convenção de nomenclatura diferente para ficheiros ripados. Para obter informações sobre a aplicação de alterações à convenção de nomenclatura ou à pasta de armazenamento de ficheiros ripados anteriormente, consulte Ripar música: perguntas mais frequentes.

    • Formato. Se pretender alterar o formato para os ficheiros que são criados durante o processo de ripar, seleccione um formato. O formato predefinido é Windows Media Audio. As outras opções disponíveis são:

      • Windows Media Audio Pro. Este formato oferece uma grande variedade de utilizações, desde a máxima resolução, passando pelo áudio multicanal para sistemas de som surround até uma compressão de áudio altamente eficiente a velocidades de transmissão baixas para dispositivos portáteis. Nem todos os dispositivos suportam este formato.

      • Windows Media Audio (Velocidade de Transmissão Variável). Este formato pode reduzir o tamanho de ficheiro, mas também pode demorar mais tempo a ripar.

      • Sem Perdas do Windows Media Audio. Este formato fornece a melhor qualidade de áudio, mas aumenta o tamanho do ficheiro.

      • MP3. Esta opção é mais antiga que o formato do Windows Media Audio e é suportada pela maioria dos dispositivos multimédia.

      • WAV (Sem Perdas). Este formato é um formato não comprimido que produz ficheiros muito grandes.

      As suas selecções aplicam-se às faixas que ripar posteriormente, não é possível utilizar o Media Player para alterar o formato de uma faixa já ripada. Se não tiver a certeza do formato mais adequado às suas necessidades, experimente ripar para diferentes formatos e definições de qualidade e ouvir as diferenças para ajudá-lo a decidir.

    • Copiar música protegida. Seleccione esta opção se pretender que os ficheiros ripados sejam protegidos com direitos de utilização de multimédia. Para mais informações sobre a protecção contra cópia, consulte Ripar música: perguntas mais frequentes.

    • Ripar CD automaticamente. Se seleccionar esta opção, o processo de ripar é iniciado imediatamente após a inserção de um CD. Não lhe será pedido uma confirmação das definições para ripar música, todas as faixas são seleccionadas para ripar, e o processo de ripar será iniciado com ou sem ligação à Internet para obter informações de multimédia. Se não forem encontradas informações de multimédia durante o processo de ripar, o Media Player irá aconselhá-lo a introduzir manualmente as informações de multimédia depois de o processo de ripar ter sido concluído.

    • Ejectar o CD após ripar. Se pretender ripar vários CDs sucessivamente, pode seleccionar esta caixa de verificação, além de seleccionar Ripar CD automaticamente.

    • Qualidade de áudio. Pode ajustar a qualidade de compressão utilizada durante o processo de ripar faixas. Escolha uma definição de qualidade que representa o melhor compromisso entre a qualidade e o tamanho do ficheiro de acordo com as suas necessidades. Se não tiver a certeza da definição a utilizar, experimente ripar para diferentes formatos e velocidades de transmissão e, em seguida, reproduzir os ficheiros. Note que não consegue ajustar a qualidade se tiver seleccionado um formato sem perdas, tal como Sem Perdas do Windows Media Audio ou WAV (Sem Perdas).

Nota

  • A utilização e/ou duplicação não autorizada de material protegido por direitos de autor poderá constituir uma violação da legislação de direitos de autor nos Estados Unidos e/ou noutros países/regiões. O material protegido por direitos de autor inclui, mas não se limita a, software, documentação, gráficos, letras, fotografias, ClipArt, animações, clips de vídeo e filmes, bem como som e música (incluindo MP3 codificados). A violação da legislação de direitos de autor norte-americana e internacional poderá dar lugar à aplicação de significativas sanções civis e/ou criminais.