Em que diferem os concentradores, comutadores, routers e pontos de acesso?


Concentradores, comutadores, routers e pontos de acesso são utilizados para interligar computadores na rede, mas têm capacidades diferentes.

Concentradores

Os concentradores permitem que os computadores comuniquem numa rede. Cada computador é ligado ao concentrador com um cabo Ethernet e as informações enviadas de um computador para outro passam através do concentrador. Um concentrador não consegue identificar a origem ou destino pretendido das informações recebidas e, como tal, envia as informações a todos os computadores ligados a ele, incluindo o que o enviou. Um concentrador pode enviar ou receber informações, mas não consegue fazê-lo ao mesmo tempo. Isto torna os concentradores mais lentos que os comutadores. Os concentradores são dos dispositivos menos complexos e menos dispendiosos.

Ilustração de uma rede com um concentrador
Rede com um concentrador

Comutadores

Os comutadores funcionam da mesma forma que os concentradores, mas conseguem identificar o destino pretendido das informações recebidas e, como tal, enviam essas informações apenas aos computadores que devem recebê-las. Os comutadores podem enviar e receber informações ao mesmo tempo e, como tal, podem enviar informações mais rapidamente do que os concentradores. Se a rede doméstica tiver quatro ou cinco computadores, ou se pretender utilizá-la para actividades que necessitem da transferência de muitas informações entre os computadores (tais como jogar jogos em rede ou partilhar música), deverá utilizar um comutador em vez de um concentrador. Os comutadores são um pouco mais dispendiosos do que os concentradores.

Routers

Os routers permitem que os computadores comuniquem e podem transferir informações entre duas redes-tal como entre a sua rede doméstica e a Internet. Esta capacidade de direccionar o tráfego de rede é o que atribui o nome ao router. Os routers podem ser com ou sem fios (utilizando cabos Ethernet). Se apenas pretender ligar os computadores, e que os concentradores e comutadores funcionem bem; contudo, se pretender que todos os computadores tenham acesso à Internet mediante a utilização de um modem, utilize um router ou modem com um router incorporado. Normalmente, os routers fornecem igualmente segurança incorporada, tal como uma firewall. Os routers são mais dispendiosos do que os concentradores e os comutadores.

Ilustração de uma rede com um router com fios
Rede com um router com fios

Pontos de acesso

Os pontos de acesso (igualmente designados por estações base) fornecem acesso sem fios a uma rede Ethernet com fios. Um ponto de acesso é ligado a um concentrador, comutador ou router com fios e envia sinais sem fios. Isto permite que aos computadores e aos dispositivos ligar sem fios a uma rede com fios. Os pontos de acesso agem de forma semelhante às torres de telemóveis: pode mover-se de uma localização para outra e continuar a ter acesso sem fios a uma rede. Ao ligar à Internet sem fios mediante a utilização de uma rede pública sem fios num aeroporto, café ou hotel, normalmente está a ligar através de um ponto de acesso. Se pretender ligar os computadores sem fios e tiver um router que forneça capacidade sem fios, não necessita de um ponto de acesso. Os pontos de acesso não possuem tecnologia incorporada para partilhar ligações à Internet. Para partilhar uma ligação à Internet, deve ligar um ponto de acesso a um router ou a um modem com um router incorporado.

Ilustração de uma rede com um router e ponto de acesso com fios
Rede com um router e ponto de acesso com fios


Precisa de mais ajuda?