Noções sobre segurança e informática segura


Se ligar à Internet, permitir que outras pessoas utilizem o seu computador ou partilhar ficheiros com outros utilizadores, deve tomar medidas para proteger o computador. Porquê? Pois existem criminosos informáticos (por vezes chamados hackers) que atacam computadores. Estas pessoas podem atacar directamente, penetrando no seu computador através da Internet e furtando as suas informações pessoais, ou indirectamente, criando software malicioso para danificar o computador.

Felizmente, pode ajudar a proteger-se tomando algumas precauções simples. Este artigo descreve as ameaças e as acções que pode efectuar para se defender.

Proteger o seu computador

Estas são formas de ajudar a proteger o computador contra potenciais ameaças de segurança:

  • Firewall. Uma firewall pode ajudar a proteger o computador, impedindo o acesso de hackers ou de software malicioso.

  • Protecção contra vírus. O software antivírus pode ajudar a proteger o computador contra vírus, worms e outras ameaças de segurança.

  • Spyware e protecção adicional contra software malicioso.O software anti-spyware pode ajudar a proteger o computador contra spyware e outro software potencialmente indesejável.

  • Windows Update.O Windows pode procurar regularmente actualizações para o computador e instalá-las automaticamente.

Gerir definições de segurança com o Centro de Acção

O Centro de Acção é uma localização central para monitorizar e gerir definições da firewall, do Windows Update, definições anti-software maligno, da segurança da Internet e definições de Controlo da Conta de Utilizador. O Centro de Acção também monitoriza as definições de manutenção do computador e fornece hiperligações para resoluções de problemas e outras ferramentas que podem ajudar a corrigir problemas. Para obter mais informações sobre o Centro de Acção, consulte Como é que o centro de acção procura os problemas?

Utilizar uma firewall

Uma firewall é software ou hardware que verifica as informações recebidas a partir da Internet ou de uma rede e que recusa ou permite a respectiva passagem para o computador, dependendo das definições da firewall. Deste modo, uma firewall pode ajudar a impedir que hackers e software malicioso acedam ao computador.

A Firewall do Windows está incorporada no Windows e é activada automaticamente.

Ilustração do funcionamento de uma firewall
Como funciona uma firewall

Se executar um programa, tal como um programa de mensagens instantâneas ou um jogo em rede que necessite de receber informações a partir da Internet ou de uma rede, a firewall pergunta-lhe se pretende bloquear ou desbloquear (autorizar) a ligação. Se optar por desbloquear a ligação, a Firewall do Windows cria uma excepção para que a firewall não o interrompa quando esse programa necessitar de receber informações posteriormente.

Para mais informações, consulte Firewall: perguntas mais frequentes.

Utilizar a protecção contra vírus

Os vírus, worms e Trojans são programas criados por hackers que utilizam a Internet para infectar computadores vulneráveis. Os vírus e worms podem replicar-se entre computadores, enquanto que os Trojans entram num computador ocultando-se no interior de um programa aparentemente legítimo, tal como uma protecção de ecrã. Os vírus, worms e Trojans destrutivos podem apagar informações do disco rígido ou desactivar totalmente o computador. Outros não causam danos directos, mas prejudicam o desempenho e estabilidade do computador.

Os programas antivírus analisam as mensagens de correio electrónico e outros ficheiros existentes no computador para detectar a existência de vírus, worms e Trojans. Se for encontra um, o programa antivírus coloca-o em quarentena (isola-o) ou elimina-o totalmente antes que este danifique o computador e os ficheiros.

O Windows não tem um programa antivírus incorporado, mas o fabricante do computador poderá ter instalado um. Se não for o caso, existem muitos programas antivírus disponíveis. A Microsoft oferece o Microsoft Security Essentials, um programa antivírus gratuito que pode transferir do Web site do Microsoft Security Essentials. Também pode visitar o Web site dos Fornecedores de software de segurança do Windows 7 para localizar um programa antivírus de terceiros.

Visto que são identificados vírus novos todos os dias, é importante que utilize um programa antivírus com actualização automática. Quando o programa antivírus é actualizado, adiciona novos vírus à lista de vírus para verificação, ajudando a proteger o computador contra novos ataques. Se a lista de vírus estiver desactualizada, o computador está vulnerável a novas ameaças. Normalmente, as actualizações requerem uma taxa de subscrição anual. Mantenha a subscrição para receber actualizações regulares.

Aviso

  • Se não utilizar software antivírus, expõe o computador a danos provocados por software malicioso. Para além disso, corre o risco de propagar vírus a outros computadores.

Utilizar protecção contra spyware

Spyware é software que pode apresentar anúncios, recolher informações sobre si ou alterar definições no computador, geralmente sem obter o seu consentimento de modo correcto. Por exemplo, o spyware pode instalar barras de ferramentas hiperligações ou favoritos indesejados no browser, alterar a home page predefinida ou apresentar frequentemente janelas de publicidade. Algum spyware não apresenta quaisquer sintomas detectáveis, mas recolhe secretamente informações sensíveis, como os Web sites que visita ou o texto que introduz. A maior parte do spyware é instalado através de software gratuito transferido a partir da Internet mas, em alguns casos, a simples visita a um site resulta numa infecção por spyware.

Para ajudar a proteger o computador contra spyware, utilize um programa anti-spyware. Esta versão do Windows tem um programa anti-spyware incorporado, chamado Windows Defender, que está activado por predefinição. O Windows Defender alerta-o quando o spyware tenta instalar-se no computador. Este programa também pode analisar o computador para detectar a existência de spyware e removê-lo.

Visto que aparece spyware novo todos os dias, o Windows Defender tem de ser actualizado regularmente para detectar e proteger contra as mais recentes ameaças de spyware. O Windows Defender é actualizado conforme necessário sempre que actualizar o Windows. Para obter o nível de protecção mais elevado, defina o Windows para instalar actualizações automaticamente (consulte abaixo).

Para mais informações, consulte Utilizar o Windows Defender.

Actualizar o Windows automaticamente

Microsoft A disponibiliza regularmente actualizações importantes para o Windows, que o podem ajudar a proteger o computador contra novos vírus e outras ameaças de segurança. Para garantir que recebe estas actualizações o mais rapidamente possível, active a actualização automática. Deste modo, não tem de se preocupar que possam existir correcções críticas para o Windows em falta no computador.

As actualizações são transferidas em segundo plano sempre que estiver ligado à Internet. As actualizações são instaladas às 3:00, a menos que especifique uma hora diferente. Se desligar o computador antes dessa hora, pode instalar as actualizações antes de encerrar o sistema. Caso contrário, o Windows irá instalá-las da próxima vez que iniciar o computador.

Para activar a actualização automática

  1. Abra o Windows Update clicando no botão IniciarImagem do botão Iniciar. Na caixa de pesquisa escreva Update e, na lista de resultados, clique em Windows Update.

  2. Clique em Alterar definições.

  3. Certifique-se de que a opção Instalar actualizações automaticamente (recomendado) está seleccionada.

    O Windows irá instalar actualizações importantes para o computador à medida que forem ficando disponíveis. As actualizações importantes podem fornecer benefícios significativos, tais como segurança e fiabilidade melhoradas.

  4. Em Actualizações recomendadas, certifique-se de que a caixa de verificação Receber actualizações recomendadas da mesma forma que actualizações importantes está seleccionada e, em seguida, clique em OK.

    As actualizações recomendadas podem abordar problemas não críticos e ajudar a melhorar a utilização do computador. São necessárias credenciais de administrador Se lhe for pedida uma palavra-passe de administrador ou uma confirmação, escreva a palavra-passe ou forneça a confirmação.

Para mais informações, consulte Noções sobre a actualização automática do Windows.

Instale a mais recente versão do seu browser e mantenha-a actualizada

Utilizar a mais recente versão do seu browser e mantê-lo actualizado são duas das melhores maneiras de prevenir a ocorrência de problemas online. Na maior parte dos casos, a versão mais recente de um browser contém correcções de segurança e novas funcionalidades que podem ajudar a proteger o seu computador e a sua privacidade enquanto está online.

Além disso, muitos browsers oferecem periodicamente actualizações de segurança. Por isso, certifique-se de que instala as actualizações do browser sempre que estas sejam disponibilizadas.

Se tiver o Internet Explorer, poderá obter automaticamente as respectivas actualizações utilizando o Windows Update. Se o computador não estiver configurado para receber actualizações automaticamente, poderá solicitar estas actualizações manualmente utilizando o Internet Explorer. Clique no botão Segurança e, em seguida, clique em Windows Update. Siga as instruções do ecrã para verificar se existem actualizações.

Activar as funcionalidades de segurança do browser

Muitos browsers têm funcionalidades de segurança que ajudam a navegar na Web em segurança. Por isso, é boa ideia conhecer as funcionalidades de segurança de que o seu browser dispõe e certificar-se de que se encontram activadas.

Se tiver o Internet Explorer, eis algumas das funcionalidades de segurança disponíveis:

  • Filtro SmartScreen, que pode ajudar a protegê-lo contra ataques online de phishing, fraude e Web sites falsificados ou maliciosos. Para mais informações, consulte Filtro SmartScreen: perguntas mais frequentes.

  • Destaque do Domínio, que permite ver com mais facilidade o real endereço Web em Web sites que visita. Desta forma é possível evitar que Web sites enganadores ou de phishing que utilizam endereços Web enganosos tentem burlar o utilizador. O domínio verdadeiro que está a visitar é destacado na barra de Endereço.

  • Gerir Suplementos, que permite desactivar ou permitir suplementos de browser, assim como eliminar controlos ActiveX indesejáveis. Para mais informações, consulte De que modo os suplementos do browser afectam o computador?

  • O filtro de scripts entre sites (XSS), que pode ajudar a impedir ataques de Web sites de phishing e fraudulentos que podem tentar apoderar-se indevidamente das suas informações pessoais e financeiras. Para mais informações, consulte Como é que o Internet Explorer ajuda a proteger-me contra ataques por scripting entre sites?

  • Uma ligação segura (SSL) de 128 bits para utilização de Web sites seguros. Isto ajuda o Internet Explorer a criar uma ligação encriptada aos Web sites geridos por bancos, lojas online, sites médicos ou outras organizações que processam informações confidenciais de clientes. Para mais informações, consulte Como determinar se uma transacção online é segura.

Para obter mais informações sobre como proteger o seu computador e a sua privacidade enquanto está online, vá para o Web site Segurança da Microsoft ou para o Web site Segurança Online da Microsoft .

Utilizar uma conta de utilizador padrão

Quando inicia sessão no computador, o Windows concede-lhe um determinado nível de direitos e privilégios, dependendo do tipo de conta de utilizador que possui. Existem três tipos diferentes de contas de utilizador: padrão, administrador e convidado.

Apesar de uma conta de utilizador fornecer controlo completo sobre um computador, a utilização de uma conta padrão pode ajudar a tornar o computador mais seguro. Deste modo, se outras pessoas (ou hackers) acederem ao computador enquanto tem sessão iniciada, não poderão adulterar as definições de segurança do computador, nem alterar outras contas de utilizador. Pode verificar o tipo de conta depois de ter iniciado sessão procedendo do seguinte modo:

Os passos que deve seguir variam consoante o computador pertencer a um domínio ou a um grupo de trabalho. Para saber, consulte "Para verificar se o computador se encontra num grupo de trabalho ou domínio" em Qual é a diferença entre um domínio, um grupo de trabalho e um grupo doméstico?

Mostrar tudo

O meu computador está num domínio

  1. Escreva o nome de utilizador e palavra-passe da conta no ecrã de boas-vindas.

    Imagem do ecrã de Boas-vindas
    O Ecrã de boas-vindas
  2. Para abrir as Contas de Utilizador, clique no botão IniciarImagem do botão Iniciar, clique em Painel de Controlo, clique em Contas de utilizador, clique em Contas de Utilizador e clique em Gerir Contas de Utilizador. São necessárias credenciais de administrador Se lhe for pedida uma palavra-passe de administrador ou uma confirmação, escreva a palavra-passe ou forneça a confirmação.

    O nome de utilizador é realçado e o tipo de conta é mostrado na coluna Grupo.

    Imagem do utilizador com sessão actualmente iniciada em Gerir Contas de Utilizador no Painel do Controlo
    Utilizador com sessão actualmente iniciada e tipo de conta do utilizador

O meu computador está num grupo de trabalho

  1. Escreva o nome de utilizador e palavra-passe da conta no ecrã de boas-vindas.

    Imagem do ecrã de Boas-vindas
    O Ecrã de boas-vindas
  2. Para abrir as Contas de Utilizador, clique no botão IniciarImagem do botão Iniciar, clique em Painel de Controlo, clique em Contas de Utilizador e Segurança Familiar, clique em Contas de Utilizador e clique em Gerir Outra Conta. São necessárias credenciais de administrador Se lhe for pedida uma palavra-passe de administrador ou uma confirmação, escreva a palavra-passe ou forneça a confirmação.

    O tipo de conta é apresentado por baixo do seu nome de utilizador.

    Imagem do utilizador com sessão actualmente iniciada em Contas de Utilizador no Painel do Controlo
    Utilizador com sessão actualmente iniciada e tipo de conta do utilizador

    Se o tipo de conta for Administrador, tem actualmente sessão iniciada como administrador.

Se estiver a utilizar actualmente uma conta de administrador, consulte Alterar o tipo de conta de um utilizador para obter mais informações sobre como alterá-la para uma conta padrão.

Para mais informações, consulte Contas de utilizador: perguntas mais frequentes.

Sugestões para utilização segura do correio electrónico e da Web

  • Tome cuidado quando abrir anexos de correio electrónico. Os anexos de correio electrónico (ficheiros anexados a mensagens de correio electrónico) são a principal origem de infecções por vírus. Nunca abra um anexo enviado por alguém que não conhece. Se conhecer o remetente mas não estiver à espera de um anexo, verifique se o anexo foi realmente enviado pelo remetente antes de o abrir.

  • Proteja cuidadosamente as suas informações pessoais Se um Web site lhe pedir para introduzir um número de cartão de crédito, informações bancárias ou outras informações pessoais, certifique-se de que o Web site é fidedigno e de que o seu sistema de transacções é seguro.

  • Tome cuidado quando clicar em hiperligações existentes em mensagens de correio electrónico. As hiperligações (ligações que abrem Web sites quando um utilizador clica nelas) são frequentemente utilizadas como parte de esquemas de phishing e spyware, mas também podem transmitir vírus. Clique apenas nas hiperligações existentes nas mensagens de correio electrónico que considere fidedignas.

  • Instale apenas suplementos existentes em Web sites fidedignos. Os suplementos para o browser permitem que as páginas Web apresentem itens tais como barras de ferramentas, cotações da bolsa, vídeo e animações. No entanto, os suplementos também podem instalar spyware e outro software malicioso. Se um Web site lhe pedir para instalar um suplemento, certifique-se de que o site é fidedigno antes de o fazer.